21 de fev de 2011

Nostalgia

Rosana não é tão brega se comparada às coisas que posto aqui, mas essa música é uma dor de corno danada. Em plena segunda (desmoronando o post anterior) então, segura o cotovelo e chooooora!



1- Corpão de Rosana viu
2- Adoro o clima cantor + dançarinos atrás com interpretação brega/sensual

EU AMO ESSA MÚSICA, TÔ FELIZ DE NOVO!


"Meia-noite no meu quarto, ela vai subir (ela? tu também né?)
Ouço passos na escada, vejo a porta abrir
Um abajur cor de carne, um lençol azul
Cortinas de seda, o seu corpo nu (adoro as descrições do local)

Menina veneno, o mundo é pequeno demais para nós dois (é bom que a gente
fica mais coladinhos)
Em toda cama que eu durmo, só dá você (os dois)

Seus olhos verdes no espelho brilham para mim

Seu corpo inteiro é um prazer
Do princípio ao fim (uh ruuuuh)


Sozinho no meu quarto
Eu acordo sem você (pleonasmo)
Fico falando pras paredes até anoitecer (coitado...)

Menina veneno, você tem um jeito sereno de ser
Em toda noite no meu quarto
Vem me entorpecer
Me entorpecer iê iê iê iê"

Nenhum comentário:

Postar um comentário