23 de out de 2012

Meu cofrinho de amor!


"(...)
Minha alma está queimando (fogo no rabo)
Neste fogo abrasador
E às vezes eu recordo com ciúmes 
Seu rostinho, seu perfume
Seu jeitinho de beijar

Estou quase morrendo de vontade
De abraçar o seu corpinho
E matar minha saudade (huuuuuum)"

22 de out de 2012

Seria bom apertar um botão e tchau?

Hoje em dia o telefone e o relacionamento deixou de ser fixo; agora é tudo móvel. Hoje em dia as pessoas não relacionam-se, mas conectam-se, afinal, no momento em que estiver de saco cheio é só desconectar, desplugar. Bom mesmo seria se pra esquecer de todo sofrimento amoroso a vida fosse a cópia de "Brilho eterno de uma mente sem lembranças". Aliás, seria bom mesmo? Milho não vira pipoca sem passar pelo fogo e é através das decepções, desesperanças e "não gosto de você" que a vida flui.

 "Diferentemente dos 'relacionamentos reais' é fácil entrar e sair dos 'relacionamentos virtuais'. Em comparação com a 'coisa autêntica', pesada, lenta e confusa, eles parecem inteligentes e limpos, fáceis de usar, compreender e manusear." (Amor líquido - Zygmunt Bauman)


É o amor líquido presente na modernidade, causando tanta carência que só de ver o nome na lata de Coca Zero traz felicidade!

21 de out de 2012

Tô sumida!

Gente, faz tempo que não posto nada por aqui né? Desculpem-me meus lindos, mas de umas semanas pra cá a vida ficou turbulenta. No máximo postei muita coisa pela funpage do Facebook, que é mais rápido. Desculpa mesmo, prometo que esses dias retornarei as atividades por aqui. Aliás, esses dias não, hoje mesmo! Pra começar...


"Queria as duas, ficou sem ninguém". A coisa safada de sempre desses homens. Só porque tem muita mulher no mercado se acha no direito de querer várias... OXE!

Quem fala assim?



Por que ninguém fala? Porque simplesmente na hora da dor o que você mais quer é liberar o Id, é falar tudo que pensa sem superego atrapalhando. Na hora da dor é o putaquepariu que vem! Quando se sofre por amor nada melhor do que cantar "Já que eu não te quero mais/ Vá morar com Satanás/ Lá nas grades do inferno", ao invés de ouvir "Quando você me quiser rever/ Já vai me encontrar refeita, pode crer."