31 de jan de 2011

Brega (Day and) Naite?

Óooooia que evolução! Vai ter brega o dia inteiro, é isso? Atoooron!
Onde vai ser: ao lado do Shopping Tacaruna (nº 2160, na Cruz Cabugá), no Clube Cisnes
Quantos mirréis: 15 reaish antecipado, nas lojas Vulgo, Figa e Avesso.
Quem vai tocar: Ladie Khekhe (bregões e roedeiras afins), DJ Vaaaaal e Original DJ Copy (funk).
Horário: 15h às 23h.
Repararam na quantidade de inovações desse BN? Bate local e bate horário modificados, mas pode ter certeza que o babado/confusão/gritaria/ralação até o chão continuam.

A clássica:



Pra variar, eu tenho um casamento pra ir e não garanto minha presença lá (por que fico me justificando hein?). Garanto só que aos calouros e os veteranos frequentadores do Brega Naite não irão se arrepender. Como o Golarrolê fala, joga o oclãaao rayban de feira, a canga de 10reais das fitinhas da Bahia, o maiô engana mamãe e vão simbora!


GEEEEEEEEEENTE, o horário, a atração principal e o local do Brega Naite mudaram. Por que mudou? A explicação tá no site da Golarrolê, tudo bonitinho pra ninguém ficar reclamando por aí, hehe. Agora será no mesmo batche-horário, 23h59, com Correspondentes do Brega (@rafaelmor e @oraporra), na Av. Rio Branco 66, no Recife Antigo. Pra quem acha que mudou tudo, relaxa o bigode e o sutiã que a diversão, a baixaria e os babados continuam.
Venda de ingressos nas lojas Figa, Vulgo e bar Central. E, adivinhem, talvez eu não vá porque tenho o quê? Casamento again! Eu gosto sabe, não vou mentir, mas peraí, cansei de tentar pegar buquê e botar nome na barra do vestido da noiva, gente, hahahaha.


*relevem o final com a data e local

Beijos!

30 de jan de 2011

Cabou, cabou?

Essa é pra Timpin que há séculos está viciado nessa música (no mínimo tá ensaiando cantar isso pra alguém). A versão original é do Forró do Muído mas essa com Xeiro Verde é muuuito melhor/mais animada.



"Dar amor a quem não me ama, é paia tô fora (oooxe, eu também)
Finge pra me ter na cama, comigo não rola (no rola)
Me deixou na solidão, mas agora eu tô de boa (isso amiga)
Tá querendo meu perdão, é Deus quem perdoa

Não dá mais, eu te amava sim
Nem a mínima pra mim, nunca mais!
Vai, tchau um abraço pra você
Me toquei, não quero nunca mais nós dois
Só cama e depois, sentimentos zero, a ficha caiu, posso ver (tava blind foi? acooorda)

Some do meu lado, eu não quero perder
Nem mais um segundo do meu tempo com você
Cabô, cabô, bobeou dançou (perdeu playboy)
Você vacilou, eu tô falando grego não tô
Cabô, cabô, bobeou dançou
Você vacilou, vai colher tudo que plantou (uuui!)"

É só eu ouvir essa música uma vez que deixo aqui no repeat também, pense! Timpas, a música é animada, se anima aí também! =D
Beijo.

Anjo Bom

Minha prima casou ontem. Eu chorei horrores, não vou mentir. Ver a felicidade dela naquele momento, eu relembrando tudo o que ela já passou, desmoronou-me. Sou muito apegada à família e sinto um "sei lá o quê" quando vejo pessoas tão queridas tendo um caminho tão bonito. Felicidade, alegria, harmonia e compreensão é o mínimo que eu desejo e ... (=~~~). Digo também que meu nome estava embaixo do vestido na noiva, ou seja, alguma coisa boa sai esse ano, kkkkkkkk.
Bom, uma breguinha que lembrei e que tem a ver um pouco com casamento, relacionamentos e afins é "Anjo bom", de Chama do brega.



"E a vida é para quem ama. Não importa se está perto ou distante... Anjo booooom, que apareceu na minha vida". Pois foi um anjo bom que apareceu um para o outro mesmo. =D
B-jos.

25 de jan de 2011

Pra animar o BBB


"Bate, esfrega, estica (é briiiiga!)
tira a roupa
que eu quero te ver (ah, né não. Hummm...)
Cola o teu corpo no meu corpo
sente o meu prazer (hummm, lá não tem TV né, a diversão se encurta)

Agora é só nós dois (é nada!)
aqui no quarto
a cama é o nosso palco (e as câmeras espiam/filmam né?)
o espetáculo, vai começar

Vem meu amor, meu amor
vem me dar prazer
Vem meu amor, meu amor
Que eu quero você.

Agora não tem mais como escapar,
no rádio uma canção vai embalar
o nosso amor (só se for nas festas)"

Na verdade esse post não tem nada a ver com Big Brother (tirando as possibilidades de relacionamento dentro da casa). Tô com sono, queria postar algo, então perdoem-me tá?
Beijo grande!

24 de jan de 2011

"Ah se essa chuva trouxesse você..."

Como desde sexta chove em Recife, a música da vez é "A chuva me lembrou você", de Adilson Ramos.


Pra baixar!

"Lá fora a chuva cai (ô se cai)
Me lembrou você
Você que não aparece mais (essa galera que some...)
Nem pra me dizer
O que aconteceu
E porque o amor ficou pra trás, pra tráaaaaas

Ah! se essa chuva trouxesse você (juntamente com a arca de Noé)
Juro que teria fim o meu sofrer

O tempo passou
E eu não lhe esqueci
Hoje o meu amor é bem maior (um amor maior que eeeu)
Procurei razões
Pra não lhe querer
Mas em todas elas, eu só vi você (esse apaixonado, rsrs)

Ah! se essa chuva trouxesse você..."

Espero de coração que essa chuva passe logo. Quero ir à praia, não quero ruas alagadas nem morros mais ameaçados do que já são. OUVIU NÉ SÃO PEDRO?
=*

21 de jan de 2011

É Conde pra vocês, UÔU!

Conde e Só Brega, todo mundo sabe, são os grandes talentos do brega pernambucano. Lembro de um Natal, 2008 eu acho, que ouvimos uma 10x o cd de Só Brega e foi bastante divertido. Uma vizinha dançava igual a Conde, com aqueles macetes todos com os braços e pense, eu faço isso hoje em dia também, hahahaha. É como falo, não é à toa que o título desse blog se chama "Ninguém é perfeito e o 'Brega' é assim", fazendo alusão ao "Ninguém é perfeito e a vida é assim", tão cantado, aclamado, filosofado por muita gente que também admira Conde. É só lição de vida, acreditem!

Cheeeeli


Não devo nada a ninguém. Prestem mais atenção na letra e menos no clipe, please (foi a única versão inteira da música original e com qualidade que achei)


Pra baixar!

"Se a minha vida é errada
Ninguém tem nada com isso (exatamente!)
Eu posso fazer o que quero
Eu posso dizer o que penso
Não tem ninguém que mande em mim (por enquanto, só meus pais)
Não vai ser você (EXATAMENTE!)

Já passei na sua vida
E minha vida esqueci
E quem quiser que fale de mim
Tô nem aí, tô nem aí (arrasou! Falem mal, falem bem, mas falem de mim, hahaha)

E pra eles só tenho a dizer:
Se quiser fumar, eu fumo
Se quiser beber, eu bebo (depois não reclame que tá doente, tá assim, tá assado... tá, parei, a vida é sua!)
Minha liberdade tá aí, tá aí
Se quiser sair, eu saio
Com quem me der vontade (acho digno)
Minha liberdade tá aí, tá aí

Não devo nada a ninguém (nem o Hiper, C&A, Telemar?)
Não documento nada de ninguém
Não devo mais nada a ninguém"

ADOROO!

Mais uma festança!

Lançando seu 1º CD amanhã, lá no Armazém 14 (novo point do brega), juntamente com o sambão do Patusco e Tanga de Sereia, de volta aos palcos. Como já postei "Homem do gás" (minha preferida) e "Me chama de sereia", trago então "Cada qualidade de homem".



"É cada qualidade de homem
Que me aparece (sei bem como é...)
Mulher eu vou dizer uma coisa
Ninguém merece
Ninguém merece

O Adalberto era muito mulherengo (esse é o tipo mais visto)
Pro Jonas eu fui só diversão
O Orlando esse já era casado (odeio esse negócio de trair a esposa, aff)
E o Rui me deu o golpe do cartão (hahahaha, comigo só se fosse o VEM)

O Amauri não segurou minha onda (a mulher é a potência)
O Souza nunca tinha tempo para mim
O Jorge era o maior vagabundo
E no altar o Ademir negou-me um sim (no altar? geeeente, coitada)

E com o cara da semana passada
As coisas até que caminhavam bem
Mas ontem ele me confessou
Que gostava de homem também (HAHAHAHAHAHAHAHA, fechou e deu feriado essa!)"

Quem vamos?
Beijos!

20 de jan de 2011

De Las Negas na área

Olha geeeeente, ritmo, é ritmo de festa!

Faringes todo mundo mais que conhece né? Eles tão tocando mais que orquestra de frevo no carnaval. Todo final de semana tem uma festa, um evento, um fuzuê diferente com Faringes da Paixão no meio. Parabéns meninos e muito mais sucesso pra vocês.
Enquanto isso, na sala da just, ops, do brega, uma banda que eu vi apenas meio show (sim, a chuva não deixou eu ver o resto e não foi por causa "da chapinha, da progressiva" não, foi porque o toró tava tão grande que tava molhando os equipamentos todos) é De Las Negas. Conheci a banda através de uma amiga, que viu um show deles numa calourada na Federal e adorou! Eles têm um pouco mais de um ano de carreira, mas tem tudo pra decolar nas ondas do sucesso também. Vai aqui um vídeo deles:



"Deeeecidi tirar você da minha vida" é brincando viu? Hahahaha. Da mesma forma, desejo tudo de bom pra vocês e bora botar brega Recife a fora. Digo isso de coração, não é porque mandaram um convite pra mim dizendo que eu sou uma das "socialite da elite do brega pernambucano" não, hahahaha.

Beijos!

19 de jan de 2011

Waldick, grande Waldick

Sim, eu estava em falta com esse ícone da música brega. Desculpem-me, mas chegou a hora de tirar o atraso. Eurípedes Waldick Soriano nasceu no interior da Bahia, em 13 de maio de 1933. Trabalhou como lavrador, peão e garimpeiro antes de ir a São Paulo tentar a sorte no meio artístico, no final dos anos 50. Em Sampa, alcançando a sorte que assim o esperava, gravou sucessos como "Eu não sou cachorro não", regrava por Falcão, "Perfume de Gardênia", "Quem és tu?", "Dama de vermelho" e outros sucessos. Faleceu em Setembro de 2008 devido a um câncer de próstata.

A clássica Eu não sou cachorro não também é título de um livro de Paulo César Araújo.



Olhe, digo logo que tem cachorro por aí mais bem tratado que certas pessoas viu (tipo, Vera Loyola). Lembrei do caso do cachorrinho lá no RJ, que ficou ao lado da cova da dona (embora os jornais digam que o cachorro da foto não seja o da história mas enfim, isso existe) e dos lindos filmes "Marley & Eu" e "Sempre ao seu lado". Esse pequenininho aqui também não é cachorro não. Um lindo, hahahaha!



Tortura de amor, que foi composta em 1962 e vetada pela Ditadura (dizem por ela conter a palavra "tortura") em 1974. Essa é a caaaara das serestas que eu vou, não é mesmo Ayrtinho?



"Hoje que a noite está calma (se for lua cheia não está calma mesmo)
E que minh’alma esperava por ti
Apareceste afinal
Torturando este ser que te adora (esse povo que adora sofrer e amar ao mesmo tempo...)

Voooooooolta, fica comigo
Só mais uma noite
Quero viver junto a ti
Voooooooooooolta meu amor
Fica comigo, não me desprezes
A noite é nossa (huummmm)
E o meu amor per-ten-ce a ti (que lindo, que romântico)
Hoje eu quero paz (só hoje não, homem)
Quero ternura em nossas vidas
Quero viver por toda vida
Pensando em ti (e que você vá além do pensamento)"

Não se preocupem que depois vou postar outros sucessos dele. =)
Abraços.

17 de jan de 2011

Carimbossa

Novo projeto em Recife: o Carimbossa, com DJ 440, Os Novos Bossais (postagem "A Rita") e Som do Sim.

Nunca tinha ouvido falar na banda Som do Sim, mas eles são muuito bons. Inclusive nessa música que posto agora achei a voz do vocalista muito parecida com a de Herbert Vianna. Que acham?



Dá pra dançar lindamente com essa música: dois pra lá, dois pra cá, girando e descendo até o chão. A proposta deles pode até não ser essa, mas com música tudo é possível e eu gosto mesmo é de "inventariar".

Beijos!

16 de jan de 2011

Versão de Arnaldo Antunes

Queiram ou não queiram os juízes, essa versão de "Vou festejar", de Beth Carvalho, virou brega. Ficou ótima! Arnaldo Antunes pode ser doido como for, pode ter levado choque na ditadura e tudo mais, mas o arranjo dessa música, que já é boa por si só, ficou perfeita (esqueçamos a afinação dele também).
[x] Curtir



"Vou festejar" é a típica música fim de formatura/casamento/festa/confraternização. Sempre começa com músicas clássicas, jazz, vai pros anos 80, dance, forró, brega, pagode... termina em samba e/ou frevo.

15 de jan de 2011

Agradecimentos.

Obrigada a todo mundo que desejou-me parabéns, que mandou scrap, sms, tweet, que falou por gtalk, msn, facebook, telefone... e os que me viram ao vivo. Obrigada mesmo, saibam que cada palavra, cada texto, cada abraço, cada desejo foram muito bem recebidos. E que os anjos digam amém! Entre os que mandaram o "Feliz Aniversário", selecionei alguns bem especiais:

"Desejo-lhe um homem cheio da grana, educado e que te trate muito bem, pois você merece. Além, é claro, de sucesso, paz, saúde, blá blá blá... hahaha!" Sim, preciso de uma boa companhia. Urgente, tipo ontem. OK, neeext.

"Saúde e Sucesso no ritmo do brega!", "Felicidade, saúde e sucesso pra você e que seu dia seja de alegria ao som do brega", "Parabéns! Feliz aniversário e muitos anos de brega pra tu!", "Eeeeeeeeeeeeee... muito brega pra tu que é o mesmo que desejar muitas felicidades!", "Tudo de bom pra vc!!! Mto brega e "vou sim, quero sim, posso sim!" e "Muita paz, amor e saúde pra descer até o chão no brega!". Preciso dizer mais? Estou estereotipada, sou bregueira e gosto disso. Por isso comemorei ontem no Brega Naite e foi muuuuito bom.

"Cada vez mais luz pra tu, porque a que tu já tem é PRÓPRIA!" Ooow e olhe que sou a Lua viu. =D

Pra quem não falou nada, pego o pensamento do "Pequeno Príncipe" e digo: "Foi o tempo que dedicaste à tua rosa que fez tua rosa tão importante" (Engraçado que nem sou dessas de cobrar, expor minhas coisas nem nada. Tô me estranhando...). O importante, além de tudo isso que falei, foi comemorar com a família e com os amigos. Por isso, lá veeeem o Brega Naite!

Ontem no Brega Naite, com Vício Louco. "Eu encontrei o teu noivo, ele é muito mooooço... Amoooooor, não é amoooooor. O que você sente é só obsessãaa-ãa-ãao".

video

Tem noção do que é ouvir a galera cantando não só essa música mas "já são 5 da manhã e não dormi quase nada", "ele e maluuuco, o pica-pau, ele é maluuuco" e outras? É muita felicidade pro calor que tava (o Armazém 14 é imenso se comparado ao Vapor 48, mas em compensação é bem mais quente - o "rich on the beach" fez jus ao calor do Sol) e a voz desafinada do vocalista de Vício Louco (digo mesmo)! Mas claro, nada disso se compara a sair umas 6h e pouca (cedo), cansada e feliz da vida, com os pés doloridos, com a nostalgia de bregas antigos renovada, com pessoas amigas por perto. Nada disso se compara e não se compra MESMO!
E assim foi meu niver. Beijos!

12 de jan de 2011

Reportagem sobre brega

Neste domingo passado (09/01) no Diário de Pernambuco. Engraçado que recentemente saiu uma reportagem parecida, ou seja, o brega está dominando Recife mais uma vez (semelhante aos anos 2004/2005, por aí) e a mídia não quer ficar fora dessa (clichê). Dominando de tal forma que sexta, no NETV 1ª edição passou Kelvis Duran no Dona Carolina, no projeto Quintas do Brega. Olhando os cartazes pelos muros da cidade vi que o Mercearia Amélia está com o projeto Quintas da Saudade (se não for o mesmo dono que o DC é plágio descarado), com Pagunça, Michelle Melo e Banda Metade + convidados.
Bom, voltando sobre a reportagem, trago-a aqui pra vocês.

Brega do morro à cobertura
Luiza Maia
- Especial para o Diario

"Quando se classifica algo como brega, o sentido é geralmente pejorativo. Roupa brega é cafona, homem brega é desinteressante, mulher brega é feia e por aí vai. Na mesma linha, a música brega sempre foi associada a um gênero renegado. Na época em que Reginaldo Rossi começou a carreira, há 40 anos, a reação era de estranheza. Nos últimos anos, como numa brincadeira, o brega tem ganhado espaço entre o público da classe média.


A aproximação gera conflitos. O tom irônico das composições e performances - encontrado no brega ´de raiz` - é interpretado por alguns como desrespeito às produções populares. ´Sempre que os meios populares emergem, causam estranhamento. As pessoas começam pela ironia, mas descobrem expressões criativas. Depois não sabem mais o que é ironia, o que é brincadeira`, acredita o mestre em comunicação Fernando Fontanella, pesquisador da estética do brega
(ainda estou terminando de ler o artigo dele. Muito bom, indico pra todos).
´No começo, achava que era greia. Pensava: esse pessoal tá zoando comigo. Mas vi que não. A galera até pede para cantar no palco`, comenta Kelvis Duran, o príncipe do Calypso. Para ele, é por meio das bandas surgidas entre a classe média que o público conhece suas letras. ´Os meninos de Faringes da Paixão cantam Que tontos, que loucos, somos nós dois# e todo mundo acompanha`, comenta Kelvis, sobre a banda que surgiu na época de colégio dos integrantes, como brincadeira, e que agora faz shows semanais.
O fato é que universitários como os integrantes de Faringes da Paixão dividem o palco com João do Morro e Kelvis Duran, em eventos para jovens de classe média. O projeto Quintas do Brega, no bar Dona Carolina, por exemplo, surgiu após a boa receptividade de um show de João do Morro. ´Estávamos procurando um projeto legal. E o Thiago (Megale, produtor de Victor Camarote e Banda Arquibancada) sugeriu esse. Toda semana, teria um convidado`, esclarece a gerente de marketing e eventos da casa, Renata Machado.
A banda de Victor é uma das pioneiras do ´brega cult`. Em 2005, ele começou a gravar um disco com composições próprias e covers. O álbum nunca saiu, mas impulsionou uma série de shows. ´Em 5 anos, não ficamos um mês parados`, gaba-se o cantor. Na mesma época, surgiu Tanga de Sereia, que se destacou com o clipe Homem do gás, estrelado pela atriz Hermila Guedes. A banda lançou dois discos, o último em 2009, porém diminuiu o ritmo. ´Mas a gente nunca para. Se o pessoal chama, a gente toca`, diz Paulo Trajano.

Outra festa que atrai público mais pop é a Brega Naite. A primeira edição, no ano passado, teve show do DJ Cremoso. ´Deu 900 pessoas no Armazém 14. A segunda, com Michele Melo, também. Na terceira, criamos o nome`, explica Allana Marques. A próxima será no dia 14, com a banda Vício Louco
(olhaaaaa)."

Beijos!

11 de jan de 2011

1º Brega Naite do ano

Digo logo que vou comemorar meu aniversário (13/01) lá!


A atração convidada, como vocês viram, "é Vício Louco, é, é Vício Louco, que vai fazer você se apaixonar". Então vamos com uma música antiga de Vício Louco, Coisita Linda:



Outra relíquia, Pra quê a solidão?



Pra baixar!
"(...)
Você foi fácil, egoísta, ignorante
Não deu valor ao amor que eu te dei
Eu não mereco o que você fez comigo, meu amor
Não imaginava, nem pensava que você ia me trair"

Quem vamos?
Beijo!

7 de jan de 2011

Hoje o dia tá animal!

Andando pelo centro da cidade (pra variar), ouvir tocar essa música abaixo. Lembrei que havia colocado na lista de postagens - peguei as músicas no PE Brega -, então, trago agora essas belezuras pra vocês. O fim de semana vai ser uma loucura com tanta bicharada. Qual o bicho/posição que você é/quer?

Posição da aranha

Posição da lagartixa


Posição do canguru.


Esse copia o ritmo da posição da rã, fala mal dos outros hits pra no final dizer que "eu boto na x*x*t* e elas pedem no c*"? HORRÍIIIVEL, não indico! Perceberam que nem coloquei a letra das músicas... tô em estado de rosa choque ainda. Enfim, tem quem goste, por isso postei aqui!
Beijãao, boa sexta pra vocês.

6 de jan de 2011

A Rita

Já que o assunto hoje é Culto x Brega, eis uma versão brega de A Rita, de Chico Buarque (nesse momento os chicólatras caem da cadeira, pedem socorro, chamam a polícia e me desejam sabel lá Deus o quê), gravada pela banda Novos Bossais. "A recriação da tão sofisticada e respeitada Bossa Nova. A idéia é misturar a riqueza de harmonia e melodia desse movimento aos mais diversos ritmos e expressões musicais do Brasil e do mundo com muita diversão. Carimbó, ska, reggae, samba-reggae, brega, tecnobrega, afoxé, maxixe, funk, surf-music, tango. São arranjos novos, criados com respeito e compromisso de transformar nosso gênero musical mais cultuado no mundo em música pra dançar e se divertir". Tá dando certo meninos. =)

A Rita by novosbossais

Eu adoreei essa versão. Juntou o útil ao agradável, pois essa música é a cara das serestas que vou com meu pai.

Pra quem criticou...

Fizeram uma versão bossa nova do "Vou não, quero não, posso não...". E ficou muito bom viu? Sou daquelas que criticam essa ação normatizadora, como se nessa versão a música fosse de qualidade, culta e tal, mas quem tá tocando (Ticiano, apareça!) é fera no violão. Parabéns!



Essa versão fez eu lembrar de uma reportagem com Reginaldo Rossi, para o IG.
“Se 'Amor I Love You' fosse lançada por Fernando Mendes era brega. Como foi lançada por Marisa Monte não é brega”, ele provoca, para explicar o tapa de luvas de pelica no cabaré “chique” a que chamamos MPB. "Se Amado Batista fizer a 5a Sinfonia de Beethoven, não presta. Mas se Beethoven fizesse ‘no hospital, na sala de cirurgia’, aí seria genial.” Isso já comentei aqui, inclusive falando de Fernando Mendes e é a mais pura verdade.

Beijos!

3 de jan de 2011

Baile Adocica

E o circo cultural do Recife não pára! São prévias de carnaval, shows internacionais... e lambada.

Festão dançante viu, tô quase doente porque vou perder (tenho um casamento - que não é o meu - pra ir). Nessas horas você quer ser duas e não pode, ô vida ingrata! hahahaha
VCBA eu já postei aqui. Beto Barbosa, custa nada relembrar né? =D



Dance e Balance com BB, Preta, Adocica com VCBA
09 Balance com bb- Preta- Adocica by Moondalua

"Balance no A (de amor)
No B, no C (de baixinho, de coração)
Balance com BB (Beto Barbosa, né Banco do Brasil não)

Você precisa conhecer, vem meu mel prazer (hummm, docinho)
Meu corpo no teu corpo bem colado
Muito louco e apaixonado, caminhando lado a lado
Firme e forte com você (haja pegada!)

Você é minha deusa minha musa, minha louca inspiração
Vem dancar comigo, vem, vem minha paixão

Dance e balance, dance
Dance meu bem, vem (tô indo!)
Eu estou com você
E não te troco por ninguém (mas por um prêmio da mega sena né)"

Xuxa dançando lambada, ê!


Quem for, aproveita por mim, pode ser? =D

Deixa não, é Ivete?

E a maratona "Vou não, quero não, posso não, minha mulher não deixa não" continua!



Túlio começou a campanha e deu certo: Ivete cantou o hit no Enchanté aqui em Recife, realizado no Cabanga Iate Clube. Agora minha gente, segurem os ouvidos porque isso vai render (como muita gente já falou) até o carnaval - lembrando que o sábado de Zé Pereira é no dia 5 DE MARÇO ainda.
Dj Sandro tá mais feliz que pinto no lixo, todo todo porque a musa do axé cantou "sua" música. Vale salientar que o hit já está enjoando fora do país; falei com um amigo que está nos EUA e ele disse "não aguento mais". Falei que quem não aguenta mais sãos os lojistas do centro da cidade, rodeados por vendedores de cd's que revezam entre si as várias gravações do "vou não", seja com Aviões, Garota Safada, 3 na Palomba e por aí vai. Prefiro ouvir "na posição da rã" (mentira!).

1 de jan de 2011

Feliz 2011 pra vocês!

Muita saúde, muita paz, prosperidade, alegria, desejos, harmonia, realizações e felicidade. Na verdade isso tudo ainda é nada, "o que eu desejo pra você ainda não tem nome". Enfim, boas vibrações pra 2011, ano ímpar sempre é bom.
Em uma das minhas promessas pra esse ano incluem-se aprender: aprender a conviver, a respeitar mais, a amar, a desejar, a sonhar, a realizar... Além das coisas subjetivas, têm também o inglês, os concursos, estágio, mudanças. Toda a vida é feita disso, de conhecimentos e experiências, tudo de modo a dar-nos crescimento. Hoje, em meio à praia de Maria Farinha/PE, depois de um bom banho de mar pra tirar as coisas sem graça de 2010, ao som da banda TOP 10, Lapada, Kitara, uma criatura coloca um cd que tinha, além de "vou não, quero não", "ãh rã, a posição da rã" claaaaaaro, essa música aqui:


Só não cozinho


Lembrei na hora de ET e Rodolfo "sou solteiro e não tenho compromisso, se eu lavo e se eu cozinho ninguém tem nada com isso". Perceberam a lição que esses homens querem dar?

"Eu só não cozinho
Eu só não cozinho
(viva a cacofonia)
Eu lavo e eu passo

E dou muito carinho
(que bonito ¬¬)"

É, sei nem o que dizer... Aprendo ou não aprendo? Aii, eu tô com medo.