21 de jan de 2011

Mais uma festança!

Lançando seu 1º CD amanhã, lá no Armazém 14 (novo point do brega), juntamente com o sambão do Patusco e Tanga de Sereia, de volta aos palcos. Como já postei "Homem do gás" (minha preferida) e "Me chama de sereia", trago então "Cada qualidade de homem".



"É cada qualidade de homem
Que me aparece (sei bem como é...)
Mulher eu vou dizer uma coisa
Ninguém merece
Ninguém merece

O Adalberto era muito mulherengo (esse é o tipo mais visto)
Pro Jonas eu fui só diversão
O Orlando esse já era casado (odeio esse negócio de trair a esposa, aff)
E o Rui me deu o golpe do cartão (hahahaha, comigo só se fosse o VEM)

O Amauri não segurou minha onda (a mulher é a potência)
O Souza nunca tinha tempo para mim
O Jorge era o maior vagabundo
E no altar o Ademir negou-me um sim (no altar? geeeente, coitada)

E com o cara da semana passada
As coisas até que caminhavam bem
Mas ontem ele me confessou
Que gostava de homem também (HAHAHAHAHAHAHAHA, fechou e deu feriado essa!)"

Quem vamos?
Beijos!

Um comentário:

  1. Tanga de Sereia é o brega bem feito pra ser brega. Muito bom.
    Primo com prima, pode!!!

    ResponderExcluir