30 de mai de 2011

"Shake de amor", banda Uó

Adoro o look e a encenação deles, o clipe é muito bem feito, bem enérgico, chocante e tal. Agora a paisagem do clipe... hahahahaha. Uó uó, galere! Desse jeito vocês rebaixam mesmo o brega. "Não quero saber" é do mesmo nível.
Achei mais informações na Revista O Grito!, vê só:

"A Banda Uó é for­mada por Davi Sabbag, Mateus Carrilho e Mel Oliveira. O vídeo da música Shake de Amor bebe no tech­no­brega e traz um sam­pler de “Whip My Hair”, de Willow Smith. Quem pro­duz a banda é Rodrigo Gorky e Pedro D’Eyrot do Bonde do Rolê. Assumidamente kitsch, camp, tos­cos, o trio mis­tura aque­las refe­rên­cias bre­gas que todos ama­mos com o toque moder­ni­nho que fará com que eles sejam bem rece­bi­dos entre os indies"

AAAAAAAAHHHH

Shake de amor


Pra baixar!

"
Vou me vingar de você (trocentas mil vezes)
Vou me vingar de você
(é o mick...)
Vou me vingar de você
(... mick jagger!)
Vou me vingar!

Esse homem veio e te fez cega
Tirou tudo que tu tinha
Tirou até suas pregas (oêeeeee)
Com você ele brincou
Foi tão inocente
Não deu prova de amor
Só deixou sua bunda quente (kkkkkkkk, baixaria)
E alisou (yeah)

Você não sabe o quê que faz sozinha agora
Você vai tomar
Shake de amor, shake de amor, shake de amor

Não deixe nada te abalar
Você vai ver que vai vingar
Pode crer, vai conseguir (yeah)
Tirar tudo desse rockstar

Vou me vingar de você..."

Não sei porquê mas achei uma enorme semelhança entre o look da vocalista + o gol antigo com Stefhany, rsrs. E Lady Gaga do Centro-oeste matando o pombo no final, gostei não...

28 de mai de 2011

"Não consigo mais", versão de Otherside

Ontem fui mais uma vez pra um show de Faringes da Paixão e consegui uns cd's pra sortear aqui. Você você você você você...

Original - Otherside, de Red Hot Chili Peppers



Versão, Não consigo mais



...quer? Pra participar é só deixar um comentário falando o que achou dessa versão com seu email. Eu adoreeei, muito legal. Faringes arrasa nas versões e já tô fazendo uma pra eles regravarem... hahaha.
Vou sortear 4 cd's (4 sorteados, Brasil todo) dia 13 de Junho - dia de Santo Antônio - pra quem tem namorado aproveitar o pós-ressaca do dia 12 com muito love brega songs. Quem não tem (hã hã), ainda ter tempo de enfiar a peixeira na bananeira escutando as dores de corno. Vem gente!
Beijos!

Bora "golar o ovo"?

Quem é pernambucano e brincou de "Se esconder" (Pique-esconde pro povo do sul/sudeste) sabe muito bem o que é "golar o ovo". Pra quem não é, vou explicar: tá o pirralha lá, encostado na parede contando de 1 até 10 e seus queridos amiguinhos indo se esconder. Depois de contar 10 em 5 segundos (um, dô, trê, quá, cin...) lá vai o coitado procurar a galera. De repente ele vê alguém, corre, bate na parede e diz "Pedrinho", mas na verdade quem ele viu foi "Luizinho". Pronto, isso é "golar o ovo", é se enganar. Mais um do dicionário pernambuquês, adoro =)
Golou o ovo também é uma banda de brega daqui. Não conhece ainda? tsc tsc

Pau nas coisas (só o áudio), que é um forró de Assisão.



O meu sangue por você



Beijooos.

27 de mai de 2011

Brega: ser ou ser?

O título da reportagem é "Brega: ser ou não ser", mas pra não copiar tudo e colocar uma veia mais minha por aqui, é ser ou ser e acabou! Hahahaha

"O brega se constitui como um fenômeno de significado mais profundo no Brasil, indo além do preconceito social e da manipulação midiática. O Caderno 3 deste domingo aborda o assunto e suas mais diferentes vertentes.

Muito mais que um gênero musical, o brega se caracteriza como um estilo de vida que comporta, entre outros aspectos, um caleidoscópio de influências como moda, gostos, política, filosofia de vida e condutas considerados por alguém, em determinado momento da vida, como esteticamente duvidosos ou mesmo exagerados.

O 'ser brega' é uma questão muito mais complexa do que se pensa. O termo é associado, também, à cópia, ao uso de estereótipos e chavões que não são autênticos e a objetos considerados 'cafonas'. Há quem diga, ou mesmo filosofe como o jornalista e colunista do Diário do Nordeste Xico Sá, que o brega é a 'educação sentimental para os brasileiros'. Responsável pela formação de homens e mulheres no País e em toda a América Latina."
(Reportagem completa aqui)

E há quem diga que eu sou sou doida demais por gostar de brega, que eu estou na pior. Se isso é tá na pior... põrrãh...



Boa sexta pra vocês! =D

23 de mai de 2011

"Chicletinho de bosta"

Gente, olha só a música nova de Los Borrachos Enamorados:



HAHAHAHAHA, adorei! Pense na resenha! "Pense numa gata, o que mata é o fedor. Peixe estragado, dormiu em uma fossa, parece que comeeeeu..." Mas pra evitar esse problema, nada como Linguada com Bala Halls gente (money nenhum pro mershan).

Pra baixar!

Será que foi inspirada nesse vídeo de Espanta? Bom dêmáis!

"O santinha deixa não"

EU ODIEI ESSE VÍDEO, mas como foi aniversário de Timpin e ele é tricolor, vai essa homenagem. Só dá essa música no centro da cidade, pra variar.



Sou rubro-negra até morrer, mas achei bem criativa a versão. Sem mais, antes que eu desista da postagem...

22 de mai de 2011

Quem aí quer dar?

Vem com a travesti cantora do Pará, Roberta Rocha, ela gosta de dar a castanha.


(vi no blog Vem Gente)

Que arraso de pessoa, gente!

Mais "Cremosinho" pra vocês

DJ Cremoso, "a maionese do brega" e apelidado por mim de "cremosinho" no título, ainda é um dos mistérios do tecnobrega. Ninguém sabe, ninguém viu, vá pra-procurar mais informações sobre ele. Só sei que o tenho no Facebook, no twitter (@djcremoso) e no Soundcloud (onde vocês podem baixar todas músicas remixadas). Sei também que The Scientist é meu toque de celular, mas como tô em busca de vida nova, toque novo já é um bom começo, hahaha. "Take on me" é o da vez!

Take on me
, de A-Ha
*Original


*Versão


Outra versão muito legal, Roxanne, de The Police


Losing my religion
, R.E.M.


Boa semana cremosa pra vocês, people! =*

21 de mai de 2011

Gaby Amarantos e seu tecnobrega Vivo

Eu não sou muito fã dessa nova música de Jota Quest, a "É preciso", mas esse vídeo ficou bem legal. Tem Mestre Vieira, DJ Waldo Squash, Ile Aiyê, Gaby Amarantos, entre outros artistas. Adorei!

Conexão Vivo - "É preciso"



Vídeo com Gaby falando sobre como "A música transforma"



E falando nela, o Quem é brega responde está de volta, com as respostas da Beyoncé do Pará.

Música: Shyrlei

Sonho: Vencer a intolerância! (a sociedade tá pauleira nesse assunto mesmo)

Brega: India

Hoje: "Faz o T"

Imagem: Povão tremendo nas festas de aparelhagem (sou louca pra ir, deve ser uma festa de outro mundo)

Melodia: Simpática

Inspiração: Fuleragem

Conteúdo: "O som que bate forte do estado do Pará" (tecnobrega do Rubi, banda Tecnoshow)

História: "Era uma vez um garoto que nasceu com problemas respiratórios, chamado tecnobrega. Os médicos diziam que ele não sobreviveria, mas tá crescendo rápido e cada vez mais forte " (hahaha, MUITO BOM!)

Corpo: Os deliciosos (óiaaaa, hummm)

Beijoooo gente!

19 de mai de 2011

"Sonhar contigo", com Adilson Ramos

Segura o cotovelo... e chora.

Sonhar contigo, Adilson Ramos

Pra baixar!

"Sonhar contigo
Por toda a vida (se Freud ler isso, é muita análise)
Sonhar contigo
Meu amor, minha querida

Viver pensando em ti somente (além de sonhar ainda vai pensar? Alienado)
Viver te amando
E ser só teu eternamente

Este é o meu maior desejo (percebe-se)
Tomar tuas mãos, calar tua voz
Num longo beijo (hummm)
E ter-te sempre, bem junto a mim
Viver te amando e ser só teu até o fim"

Tem com Tânia Alves também.

"Tô doidão", com Maestro Forró

Uma das músicas mais antigonas (é tipo Roberto Carlos, 99%) de Reginaldo Rossi, a Tô doidão, "Tô doidão, bicho (marca registrada), tô doidão".



Agora o clipe e a versão, com Maestro Forró e a Orquestra Popular da Bomba do Hemetério. Quem é daqui de Pernambuco tem maior orgulho desse pessoal. E quem é de fora e já conferiu um show, apresentação deles, não fica de fora. Engraçado que ele entitulado do forró, mas toca de tudo viu? Carnaval aqui haja frevo com ele e a Orquestra! Até boneco gigante tem, brinque não... rsrs
"Dizem que os músicos são os soldados da paz. A Orquestra Popular dá Bomba do Hemetério – OPBH - criado pelo compositor, arranjador e instrumentista Mestre Forró, está formada por 21 profissionais, todos residentes na comunidade da Bomba do Hemetério e adjacências, da cidade de Recife no nordeste do Brasil. O Bairro Bomba do Hemetério é uma região operária com muitas variantes de problemas de exclusão social e que ainda assim mantém viva sua tradição cultural". Mais informações têm no My Space deles, onde retirei esse texto.
Resumindo, a versão é bem alegre, colorida, alto astral, ou seja, a cara do Maestro e da OPBH!



Eles já foram no Programa do Jô e nesse dia, eu lembro, fiquei toda arrepiada. Pernambucana é assim, além de megalomaníaca, não pode ver nada do seu estado fora do seu estado que fica em transe.



Gostaram? I love it!

"Ilusão", MC Sheldon

Baseado nos funks cariocas, a moda do MC's em Recife tá indo de vento (ou água, tá chovendo muito por aqui) em popa. A cada cartaz colado em paradas de ônibus ou muro de cinema falido aparece um novo MC. Se for catalogar, eles são mais numerosos que tricolor com camisa cheirando a mofo, pode crer. Enquanto houver público, eles estarão nas paradas (literalmente ou não) de sucesso.

Ilusão

Pra baixar!

"É o MC Sheldon falando de amor! (hummmmm)

Eu só queria entender porque acabou
Eu não consigo viver sem o teu amor
Você se deixou levar por uma ilusão
Agora fica sofrendo na solidão

Eu deixei de sair, deixei de curtir (desculpa feia...)
Eu não preciso mentir, tô vivendo feliz

Deixou de sair, nada me humilhava
Saia com seus amigos, só de manhã chegava

Sempre foi assim mas me arrependi, de ti não vou desistir e pra gente ser feliz"

18 de mai de 2011

"Me faz de fruta", Kitara

Depois do "hoje eu sou sua laranja, sinto o gosto da maçã", de Nega do Babado, Kitara repete a dose e sensualiza. Isso merecia clipe, digo logo!


Pra baixar!

"
Me faz de aviãozinho e me bota na boquinha
Bota, bota, me bota na boquinha
Me faz de chocolate e me dá uma mordidinha
Morde, morde, me dá uma mordidinha

Porque o nosso amor é assim
Eu faço tudo por ela e ela faz tudo por mim

Porque não me faz de fruta e tira uma casquinha
Tira, tira e tira uma casquinha
Porque não me faz de coca e me toma todinha
Toma, toma e me toma todinha

Porque o nosso amor é assim
Eu faço tudo por ele e ele faz tudo por mim"

"Louca", com Xaveco de Menina

Nem sabia dessa banda, mas sei muito bem da música...



versão com Kitara

"Saudade sua", com Carícias

Nem tô roendo de amor, mas essa música da banda Carícias é sempre boa de cantar.


Pra baixar!

"Me diga o que fazer com a saudade sua
Passei a noite em claro e combinei com a lua (comigo? e hoje tá cheia hein)
Pra dizer pra você

Que eu ando quase louca com a saudade sua
Lembrando da sua boca me deixando nua (OÊ!)
Pra matar de prazer

Mais uma madrugada e outra solidão (sei bem como é...)
Cadê você amor
Não me deixe esperar em vão"

15 de mai de 2011

Sport, ainda te amo.

Hoje foi a final do Campeonato Pernambucano. Meu querido e amado Sport Clube do Recife enfretou o Santa Cruz no Arruda, em desvantagem. Com 2 gols de diferença a decisão ia pros penaltis, mas o jogo acabou em 1 a 0, devido a um penalti no último segundo do jogo. O Santa mereceu, fez um ótimo campeonato pernambucano, mas sabe como é o ser humano, não gosta de derrota. Vale salientar que o Arruda recebeu 62.243 torcedores, o maior público do Brasil este ano. E nem é megalomania pernambucana, é fato!
@mauriciopenedo: O título foi ganho na bola. Não no suborno. Fica a lembrança do que é competência.

OK, isso não vem ao caso, o Sport perdeu a chance de ser hexa, que pertece ao Náutico. Engraçado que isso vale apenas por aqui, porque o ABC de Natal, por exemplo, é deca.
@dremaciel: Na derrota a torcida do Sport exalta seu amor ao clube e seu passado de glórias. Qual torcida pode se dar a esse "luxo"?

Outro motivo d'eu não baixar a cabeça é que o Sport tem 39 títulos estaduais, é um time grande e guerreiro, pra quem não percebeu ainda. E vermelho e preto foram as cores que realmente abracei, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença.
@sportrecife Que torcida linda. Amanhã vamos usar o manto sagrado. #EuAmoSport

Tudo isso é só pra dizer que Sport, eu ainda te amo.


"(...)
O meu sentimento é forte por você
Já tentei, mas não consigo te esquecer
Nosso tempo ainda te espera
Fonte de vida nosso prazer

Ainda te amo
Eu não consigo te esquecer
Vem depressa me faz teu mundo
Que já faz parte do meu ser"

obs: foto antiga, reparem em mim não... hahaha

O Dia do Corno

Meu pai estava aqui falando que o comércio é muito besta. "Devia ter dia do tio, da madrasta, do padastro, da quenga e do corno". Em meios a argumentações, falei que a quenga ganha presente o ano todo, não precisa de dia para ela. Quanto ao dia do corno... Haja presente viu! Hahahaha.
Segundo o Wikipedia, "Os cornos (também chamados chires ou hastes) são apêndices da cabeça de alguns mamíferos". Mas pra mim corno=gaia mesmo, infidelidade, adultério. Ainda não é (ou acha que não é) corno? Vá pra Bayeux (cidade vizinha a João Pessoa/PB) que lá você ganha a fama facinho. Pra vocês terem noção, os homens de lá tem até vergonha em dizer que mora em Bayeux. O caso é sério!

Dia do Corno, com Reginaldo Rossi


TIPOS DE CORNO
1. Abelha: O que vai para rua fazer cera e volta cheio de "mé".
2. Ateu: Aquele que leva chifre e não acredita.
3. Azulejo: Baixinho, quadrado e liso.
4. Brahma: O que pensa que é o número 1.
5. Cebola: Quando vê a mulher com outro só chora.
6. Churrasco: Aquele que põe a mão no fogo pela mulher.
7. Cigano: Aquele que toda vez que leva chifre, muda de bairro e diz para
os vizinhos que veio de São Paulo.
8. Cuscuz: É aquele que vê e abafa.
9. Detetive: Aquele que segue a mulher dos cornos e esquece da dele
10. Elétrico: Quando os outros falam que ele é corno ele diz: "Tô ligado".
11. Egoísta: Só ele quer ter chifre.
12. Esperto: Faz xixi na meia do Ricardão pra dar frieira.
13. Famoso: Aquele que por onde passa é reconhecido como tal.
14. Fofoqueiro: Aquele que leva chifre e sai contando para todo mundo.
15. Galo: O que tem chifres até nos pés.
16. Matemático: O que vê a mulher fazendo 69 com outro e vai para o bar tomar uma 51.
17. Perigoso: Usa o chifre como arma.
18.Otimista: Sabe que vai ser.
19. Porco: Aquele que só come o resto.
20. Salário mínimo: Baixinho e só comparece uma vez no mês.
21. Terremoto: Quando vê a mulher com outro fica tremendo.
22. Xuxa: O que não larga a mulher por causa dos baixinhos.
23. Coquetel: É a mistura de todos os cornos acima.
24. Alegre: O que leu tudo isso e está rindo.

Mas a grande lição, experiência de vida e conselhos mais vêm da música de Tiririca, Eu sou chifrudo. É de chorar...


Eu mesmo não tenho preconceito quanto a isso. "Você é corno mas é meu amigo" ok? ;)

"O Kalifa do Brega" em seu segundo DVD

Já tinha até esquecido dele, mas hoje achei os novos clipes de Ademir Galeno, o Kalifa do Brega. Quem sabe semana que vem eu pare de rir, porque hoje dá não. Confiram!

O destino, de Bartô Galeno. Lindooooooo ¬¬


Aproveitando que postei anteriormente o pout-pourri de Felipão, Vá pra cadeia, de Carlos Alexandre

Pout-pourri de Felipão

"E já que vc gosta de brega então da uma olhada no pout-pourri da Banda 'Margaridas de Inverno' que gravei no mesmo dia desse video do Rei. Margaridas foi uma banda que tocava os melhores bregas na década de 80 em Recife". Esse foi o comentário de Felipe e é pra ele que dedico o post desse domingo chuvoso. O dia tá bem dor de corno, então nada melhor que músicas de Carlos Alexandre pra fazer jus a este momento.
Uma coisa interessante é que não sabia da existência dessa banda, que é do meu querido Recife. Sim gente, eu conheço muita coisa, mas não tudo. Não é a toa que continuo com o blog, pra haver essa troca de informações sobre o mundo brega. Aqui é assim, todo mundo é criativo, divertido, simpático, festeiro e musical, tenho bastante orgulho!

Vá pra cadeia, Ciganinha, Chifrada em travesseiro (com VCBA e que não postei aqui ainda), entre outras.



Beijo pra vocês!

13 de mai de 2011

Banda Camelô anima seu final de semana

Mil e uma noites já é um bom começo né?


Mas a dica verdadeira é Final de semana


Beijo pra vocês!

12 de mai de 2011

São João da Capitá 2011

De uns anos pra cá, as chamadas para o São João da Capitá estão bem divertidas. Ano passado teve "ela sai de saia e bicicletinha"...



Esse ano tem Wesley Safadão, de Garota Safada...



e Calypsooooooo. Ô música grudenta viu!



VAMOS?

10 de mai de 2011

Djavu no Profissão Repórter

"Quem não gosta de brega? Só quem nunca nasceu". Falou e disse seu Zé! Eu ainda completo: "Quem não gosta de brega bom sujeito não é. É ruim da cabeça (não levou gaia) ou doente do pé." Preparem-se, porque como disse @spiceee (sem eu levar pra ironia) "Profissão Repórter de hj tá um estudo antropológico". Ou como alertou @fafadbelem "Tô chocada com este Profissão Repórter!"

Reportagem completa:


Ontem o twitter (meus fullowers paraenses, principalmente) já estava em discussão sobre qual o papel da banda Djavu na reportagem, visto que eles são da Bahia e tocam/fazem sucesso com o tecnomelody/tecnobrega, ritmo 99% paraense (antes que me batam e digam "que calúnia é essa", eu nunca afirmo 100% porque sempre tem brechas nas certezas). E no primeiro tete-a-tete da Djavu com Caco, Nádila diz "O ritmo do Djavu é tecnomelody. É uma batida, um ritmo da periferia, que veio do Pará. O pessoal chama também de tecnobrega". Adorei a mistura DJ + uma cantora de axé + ginástica artística. Pense numa matemática que dá dinheiro! Mas nisso tudo muita gente descobriu que Djavu foi clonada, mas que o clone verdadeiro não é esse = Plágio! "Djavu em francês quer dizer 'já visto'". É, eles cantam a música dos outros. Três pensamentos, uma verdade: @diboua "Gente a banda dejavu tendo dejavu pq viu a outra dejavu. Inception do Pará", @HugoGloss "Vamos colocar as 2 Dejavu pra um duelo! A q sobreviver à cantoria da outra, ganha" e @claudia_aires "A pauta embolou toda com esse monte de Dejavú! ahahahaha". Em resumo, Djavu no Profissão Repórter foi isso aí. Aliás, @rustymind completou o babado: "Caco Barcelos, a gente quando vai pro brega não lembra nem do nome da gente imagina dos vocalistas das bandas". NUM É, é tudo Djavu mesmo e acabou!
Moral da história: Djavu cantando na Europa e eu aqui andando de ônibus.

E @thikos sugere "Gente, alguém faça um estudo sobre o 'alô' como plataforma de mídia e marketing popular! Sensacional!". Engraçado que é algo tão simples: a banda faz o mershan (é bom porque a banda ganha visibilidade e hoje em dia estas lucram com os shows, não mais com cd's) e bom pro carinha que gravou o show todo e vai pra net divulgar (ganha nome - quem não lembra do China CD tanto falado por Saia Rodada em 2005? - e dinheiro, numa distribuição frenética muito bem ilustrada no documentário Brega S/A, feita for Gustavo Godinho e Vladimir Cunha). "Quando tem alô eu fico preso, eu gosto é de mandar alô mesmo!". Fantástico pô e de fato, sem alô as bandas ficam presas, não têm visibilidade nos carrinhos de cd pirata nem churrascos de domingo. Martônio e Henrique CD's, na jogada de mil reais por mês, tão lucrando nessa também. É o poder do nome, do pensar sem querer querendo na marca (Recall). @katylene "Vou ficar dando uns alô agora durantchy o set #henriquecds". E Junior Moral que disse que não se intitulou de rei da internet... Tá, o grande ganho dessa reportagem, pra mim, foi essa paradinha dos "Alô".
Moral da história: não quero ver a foto desses caras em Cardinot/Ronda geral (jornalismo investigativo de crimes) não.

Todos sonham em ir pra Xambioá dançar no Titanic. A festa de fato é babado e tem mó cara dos Brega Naites. Logo surgiram propostas do mesmo ser num barco, hahahaha (olhaí @golarrole!). Segundo @dremaciel, "Titanic rola faz muito tempo lá em Pesqueira, bote mais de ano nisso!". É bom que o nome rima, então, todos pra Pesqueira que tá mais perto! Roberto Villar, citado na reportagem, agora é cantor gospel.
Moral da história: Dona Florinda é que não vai perder!

E pra fechar a reportagem como um todo, @allanamarques argumenta "O mais impressionante é o tempo que demoraram pra fazer uma matéria sobre o tecnobrega. Agora só falta uma matéria DIGNA, com TODAS as cenas". Todos esperam, porque esse Profissão Repórter foi muito bagunçado. "Os ritmos e artistas que cairam no gosto popular" envolvem tanta coisa, tantos estados, tantas cenas culturais como Allana falou, tantos ritmos - se era pra falar da produção em massa de shows e cds, cadê as bandas de axé, os funkeiros, as duplas sertanejas?) - que essa reportagem de fato ficou sem foco. FICADICA: Quero outra, incluindo Recife, porque essa valeu não!

9 de mai de 2011

"Minha mulher não deixa não" ainda vive

Jacira fez o favor de me mandar essa pérola. Não sei se rio, se choro, se tenho raiva, se enjoo. Eu vou é rir mesmo sabe, é melhor, hahahaha.

嫁がゆるさへん (Xinga a mãe e a gente não sabe...)



Já que relembrei essa música lindja e legal pra vocês, achei uma versão clássica dela:


A saga "Vou não, quero não" tá aqui!

7 de mai de 2011

"Mãe, um pedaço do céu"

Amanhã é Dia das Mães e eis aqui uma pequena homenagem para essas mulheres (e pessoas que têm a função materna) que fazem o diferencial na nossa vida. Sei que é uma data comercial e que mãe de verdade é mãe por todos os dias do ano, não apenas num mero domingo. Mesmo assim trago três pérolas musicais dignas de carro de som, buquê de rosas vermelhas, cesta de frutas e muito chororô.

Mãe, um pedaço do céu

Cantada por Leonardo Sullivan, pernambuco, que tem um irmão também cantor e bastante conhecido também, o Michael Sullivan.

"Para mim sou grande
Mas pra ela pequenino (minha filhinha, meu bebê)
Sou adulto, mas pra ela sou menino
Quando olha pra mim seus olhos brilham
Um amor feito de sonho
De alegria e de esperança
Se estou junto dela sou criança
O mundo é muito mais bonito ("mamãe diz que eu sou linda")
Sem pecado e sem perigo

E ninguém no mundo vai gostar de mim
Como ela gosta (verdade, embora a gente veja cada barbeiragem de "mãe" por aí...)

Se eu estou errado ou certo não importa
Na alegria ou na tristeza ela está sempre comigo
Na hora do prazer me lembro dela (oi? olha o Édipo!)
Mas na hora da tristeza e da saudade
É meu abrigo
Por mim ela não mede sacrifícios
Pode parecer difícil que alguém ame desse jeito
Acontece que ela é a minha mãe
E mãe é sempre assim

Mãe, palavra que Deus inventou
Um anjo que à Terra chegou
Voando nas asas do amor
Mãe, palavra mais doce que o mel
Talvez um pedaço do céu
Que Deus transformou em mulher"


Mamãe, mamãe, mamãe, com Tonico e Tinoco


Outra breguice do ramo é Mamãe, cantada por Agnaldo Timóteo e Ângela Maria.


Beijo grande e bom domingo! Abraços, palavras bonitas, orações e ligações para as mamães de vocês, assim na terra como no céu.

6 de mai de 2011

Quero vocês todinhos pra mim.

Com a banda Golou o ovo. Não conhecia os meninos, mas acabei os descobrindo por causa da versão de Voyage voyage. Depois de levar carão de um dos membros, eis o post, hahahaha.

Banda Golou O Ovo - Quero Você by banda-golou-o-ovo

"Meu amor
Não se esqueça de mim
Por favor, diga que sim (ô carência)
Eu não consigo esquecer você
Ouça meu bem o que eu vou lhe dizer

Quero você, quero você, quero vocêeeeee
Todinha pra mim (vou ficar só o bagaço)

Meu amor
Só uma condição
Pra me poder fazer você feliz (eita português bem "dizido")
Quero ser dono do seu coração
Você é a coisa que eu sempre quis (que romântico)"

Música original, de Carlos Santos, que é de Belém do Pará. Outra dele, Fera mulher.


Bom sábado pra vocês! =*

Sarado, sarado

Sarado = curado, ok? Hahahaha. Já tava todo mundo se achando os mais gostosos e "sarados", ó coitados. Essa é pra animar o fds, Conde e Só Brega é bom demais!

Sarado - Só Brega by Moondalua

"Por causa de você eu andei na contramão (e pelo visto bateu)
Louco, apaixonado lhe dei meu coração
Você fingiu me amar, mas agora eu descobri
Tô caindo fora com uma cicatriz (tadinho gente)

Sarado, sarado (gostoso)
Eu fiquei sarado de você (aaah)
Sarado, sarado
Eu não quero mais te ver (eu quero)

Você foi chuva fina numa tarde de verão (era pra trazer alívio)

A sua maresia corroeu meu coração (uh ruuuh, arrasou! mas teu coração era de ferro?)

Você entristeceu meu mundo de alegria
Porque você só quer viver na boemia (e dizem que isso é coisa de homem... ela só nos 'bons drink')

Sarado, sarado"

5 de mai de 2011

Cheila, do Swing do Pará.

Como "eu não tô fazendo nada, você também" (mentira), resolvi incrementar o pequenino blog meu e inventei uma pesquisa. Simples, objetiva, que busca não só conhecer melhor os nossos artistas/bandas bregais prediletas, como também divertir e debater. A primeira a participar (a responder, na verdade) do Quem é brega responde foi Cheila, da banda Swing do Pará, aqui de Recife.

Antes de tudo, vou colocar o texto explicando como funciona a pesquisa:
"Assim como Xuxa fazia/faz em seu programa, resolvi inspirar-me no método dela e 'criei' este questionário, destinado aos cantores/produtores/bandas de brega. Meu objetivo é conhecer mais o universo desse estilo musical, de forma simples e objetiva, mas que com certeza acrescentará conhecimento para mim, para o meu blog e para você (autoconhecimento é sempre bom).
As respostas devem ser palavras, frases ou trechos de músicas (informar depois qual), APENAS isso. Sem complicação, sem arrodeio, sem muitas palavras. Coloque o que você achar legal, interessante, que descreve você, sem se preocupar com o que eu vou achar. Seja o mais sincero possível, ok? Divulgarei essa pesquisa no meu blog 'Ninguém é perfeito e o Brega é assim' respondido, mandar para o email: gostodebrega@yahoo.com"

Cheila

Música: Tudo de bom

Sonho: Ser feliz

Brega: Bom de fazer

Hoje: Melhor do que o ontem

Imagem: Não é tudo

Melodia: Parte importante de uma boa música

Inspiração: Bom pra quem sabe usar

Conteúdo: Fundamental

História: Minha vida

Corpo: Geralmente visto como “embrulho”, o corpo tem seu real valor na parte que não conseguimos ver/tocar.

Adorei as respostas Cheila, principalmente "melodia", "inspiração" e "corpo". Eu sou daquelas que a letra da música pode não valer nada, a banda/cantor ser mal falado por ser ruim, etc, mas se a melodia for boa ou me pegar de jeito, gamo na música mesmo assim. Inspiração, de fato, quem tem e sabe usar se dá bem (até rimou). E corpo, falou bonito viu? =)

Pra quem não sabe quem é Cheila, olha ela aqui cantando no dvd de MC Sheldon: Vá viver sua vida


Inicialmente isso pode parecer meio vazio, fútil, sem lógica, sem graça, "pra quê isso" (eu me xingo mesmo), mas pra mim é interessante. Não pretendo expor minha análise aqui(com fundamento nos artigos e livros sobre música brega e outras coisas), nem meter o dedo na opinião de ninguém; resolvi mostrar pra vocês porque achei legal. Se tiverem sugestões, críticas, é só mandar pro email supracitado. Abraços!