26 de fev de 2011

Chico preto - Jurandy

Como falou Valdimir Cunha: "Chico Preto - O Ursinho Blau Blau do tecnobrega". Falando em Vladimir, leiam essa reportagem dele sobre um dos momentos mais marcantes sobre o Brega/SA. Eis um trecho pra vocês: "Fazer sucesso no sudeste é só um detalhe. E Maluquinho sabia disso quando anunciou que estava indo embora de Belém para ir morar no interior do Maranhão. De lá, queria montar uma base de produção que lhe permitisse fazer shows por todo centro-oeste, nordeste e norte do Brasil. Mas aos 30 e poucos anos de idade, começou a perceber que talvez já estivesse velho demais para ser um ídolo pop".



"Ele é o meu bichinho de estimação
Ele vai comigo para onde eu vou

Sem o meu chico preto eu não vou ficar, não voooou

(...)
O bico do peito do chico preto é preto
Quem disser que o bico do peito do chico preto não é preto..."

Deita na BR - Flor do Calypso

Indo na onda do esquecimento, lá vamos nós!


Pra baixar! (na versão de Aviões, infelizmente)

"Se ele não te ama
Se ele não te quer
Vê se me esquece!
Se me odeia deita na br (=O, vaaai Vanessão, hahahaha)

Não tenho culpa se o cara que você gosta só olha pra mim (se acha)
Se pra você não tá nem ai, pra você tá nem ai
Se você não tem capacidade pra lhe conquistar (chamou de fraca)
Que culpa eu tenho? Sai pra lá! Procura um roupa pra lavar! (HAHAHAHAHAHAHA)
Não te fiz nada, nem te conheço
Tá perdendo seu tempo comigo!
Correndo atrás de quem não te quer
Acorda pra vida, larga do meu pé! (que mulher é essa?)
Você perdeu, agora é meu
Desculpa eu não sou do seu nível (só no glamour das palavras)
Se quer brigar, aparecer
Escuta bem eu vou te dizer

Se ele não te ama,
Se ele não te quer
Vê se me esquece!
Se me odeia deita na br (esse refrão ARRASA!)"

Nova gíria hein: "se me odeia, deita na br". Já aderi! ;)
Abraços.

Na boa - Espartilho

Mais uma discussão em ritmo de brega. Adoro!!



"Me esquece, passa uma borracha (pegue o lápis e faça uma nova história)
Tudo que eu falei foi da boca pra fora
Esquece, tava chateada
Entendi tudo errado
Mas te entendo agora
Esquece, eu sou complicada
Você foi julgado
Sem nada cometer
Esquece, vê se me perdoa (é o melô da amnésia, com tanto esquece...)

Fica numa boa
Que eu amo você
Eu sei que te deixei
De coração partido
Agora nosso amor corre perigo
E agora e agora
Eu sei que te feri
Te magoei demais
Te ver sofrendo assim
Eu sofro muito mais
Não, não, não, não chora
Na boa, de boa
Esquece tudo isso vai
Na boa, de boa
O nosso amor não pode acabar
Por uma briguinha à toa"

25 de fev de 2011

Reginho no Gugu

Pra não falarem que só coloquei a versão de Faustão/Globo, trago também o dia em que Reginho & Banda Surpresa foram pro Gugu. Ao mesmo tempo, e infelizmente, muita gente viu no noticiário que o ônibus de Reginho e banda sofreu um acidente. O baixista faleceu e alguns integrantes estão no hospital. Enfim, melhoras pra vocês, o sucesso continua!

"Vou não, quero não". Lembrei agora que essa música não tem nome né? Todo mundo fala logo o refrão todo...

Reparem que os vocalista da Banda Lapada estão com ele mesmo. Foram atrás de mais sucesso, bora vê no que isso vai dar.

Eles inclusive andam por aí cantando a "Posição da rã". Metal e Cego, caiam em cima!

24 de fev de 2011

Acelerated

Já que postei agorinha um brega gravado em inglês, informaram-me que Calypso também fez essa proeza. O melhor, no programa Mais Você, com Ana Maria querendo aprender a letra...
É agora que meu inglês sai do intermediário e vai pro fluente!

Original


Versão Acelerated


Eu fiquei passadated com essa! Valeu Júlieeet, o tweet rendeu um post, hahaha!

I love cafusú

Uma das festas/prévias mais alegres, divertidas, tudibom do Recife, o I love cafusú, já é amanhã!

A vibe da festa é essa:



E vai ter LUIZ CAAAAALDAS! Gente do céu, vai ser bom demais. Pena que não vou, zero money in my bolso.

Tieta


E a minha música, Fricote. Esse vídeo é do DVD dele, que é muuuuito bom, extremamente animado e nostálgico.

Muse é brega?

Reparem no ritmo da música Uno e me digam...




Digo logo, nem venham com "aaah, que absuuuuurdo, Muse né brega não, você é louca?". Tá, a banda não está classificada como tal, mas Uno tem todos os trejeitos: seja pela baladinha do iê iê iê (você escuta e já vai se balançando prum lado e pro outro), pela guitarra na potência, pelo gemido do lindo Matthew. E olha esse trecho da letra:

"You could have been number one | Você podia ter sido a número um
And you could have ruled the whole world | E você podia ter dominado o mundo
And we could have had so much fun | E poderíamos ter nos divertido tanto
But you blew it away | Mas você acabou com tudo"

Ou seja, é desejo pelo outro, é esperança, é ego inflado e é barraco no fim. Depois dessa tese mais fundamentada que pós-doutorado, diga se num é brega, rapaz!
Beijos!

(via @luizelacerda, que ama essa música, achou breguinha e lembrou-se de mim)

Rubi é a pedra

Sá galera da beira mar de Boa Viagem é muito criativa ¬¬



1- A vocalista jurando que é "lady in red"
2- TÔ ME ESTOURANDO DE RIR, antes de tudo
3- A letra em inglês ficou massa, mas cadê a cantoria no ritmo?
4- DJ Gilmar só no bolado... hahaha
5- Pra quem não percebeu, essa é Botar a Paula para mexer, de banda Lapada

Parabéns crianças pelo belo clipe/show.

(vídeo enviado pelo Twitter por Brisa Dalila + 12 nomes - @entojo, pronto)

23 de fev de 2011

Mais uma de Ademir Galeno

Ronda Geral agora, durante todo o programa, mostra cenas dos clipes do Kalifa do Brega. Hoje, além das que postei ontem, foram mostradas as músicas em homenagem aos detentos e aos apresentadores. Infelizmente ainda não tem no Youtube porque fazem parte do DVD, que contém inclusive o making of (amanhã no Ronda vai passar). Mesmo assim trago mais um clássico de Ademir Galeno.

Cabaré


ADOOOOOORO!
=*

22 de fev de 2011

O Kalifa do Brega

Estava eu mais uma vez assistindo Ronda Geral quando Sérgio Dionísio mostra o DVD (pirata) de Ademir Galeno, vulgo "O Kalifa do brega", que além de ótimo cantor faz clipes sensacionais. Fiquei tão pasma que nem consegui comentá-los!

Lixão


Feira, gravado em Bom Jardim (eu conheci), sendo entoado por "Seresteiros da Noite", conhecida na voz de Amado Batista.


Cemitério, música "Saudade de Rosa", de Bartô Galeno


Pra terminar a chiqueza, Ferrari/ "Toca fita", também de Bartô Galeno


BOM DEMAIS NÉ! Depois trago mais pérolas dessas...
=*

21 de fev de 2011

Nostalgia

Rosana não é tão brega se comparada às coisas que posto aqui, mas essa música é uma dor de corno danada. Em plena segunda (desmoronando o post anterior) então, segura o cotovelo e chooooora!



1- Corpão de Rosana viu
2- Adoro o clima cantor + dançarinos atrás com interpretação brega/sensual

EU AMO ESSA MÚSICA, TÔ FELIZ DE NOVO!


"Meia-noite no meu quarto, ela vai subir (ela? tu também né?)
Ouço passos na escada, vejo a porta abrir
Um abajur cor de carne, um lençol azul
Cortinas de seda, o seu corpo nu (adoro as descrições do local)

Menina veneno, o mundo é pequeno demais para nós dois (é bom que a gente
fica mais coladinhos)
Em toda cama que eu durmo, só dá você (os dois)

Seus olhos verdes no espelho brilham para mim

Seu corpo inteiro é um prazer
Do princípio ao fim (uh ruuuuh)


Sozinho no meu quarto
Eu acordo sem você (pleonasmo)
Fico falando pras paredes até anoitecer (coitado...)

Menina veneno, você tem um jeito sereno de ser
Em toda noite no meu quarto
Vem me entorpecer
Me entorpecer iê iê iê iê"

Segunda negra, só se for com Ovelha

Segundo um tweet que deram RT, "É fato comprovado que quem diz 'Boommm Diaaa' no twitter em plena segunda feira, ganhou na loto, dormiu 12 horas ou fez sexo noite passada." Como tem gente (eu) que não tem nenhuma das 3 coisas, nada de tristeza. A segunda não deve ser negra, só deixo se for a Ovelha (sem graça ¬¬)

Mágica do amor
, abracadabra!

Pra baixar!

Perdi meu amor, com clipe bonito e letra



Original - I live my life for you, de Firehouse


Versão - Vou te amar assim


Boa segundaaaaa pra vocês!
=)

Versão de "The reason"

TÔ PASSADAAAA!
1- Essa música de Hoobastank é linda, e na versão brega? Ai senhor.
2- Olha o nome da banda... hahahaha

(via Brega Pop)

Banda N-Synck - Sem destino

20 de fev de 2011

O fim de semana foi assim...

Esse é o momento "vou escrever no meu diário as coisas que eu fiz".
Na sexta/sábado: show dos Backstreet Boys - foi lindooo, mesmo minha sandália tendo quebrado na música de abertura (Everybody), mesmo estando desidratada, com coluna e pés doendo, num calor da peste. Vou nem falar pra não fazer inveja, hahaha
Brega Naite - show de bola também. Tirei foto com Patrick Tor4, "conheci" Allana/Ladie Khekhe e Claudinha Aires, ri um bocado, certamente fui filmada pela Band (sim, Brega Naite atingiu esse marco), fiz posição da rã (a dança meu povo, a dança só) e quebrei o resto da sandália que ainda conseguia ficar presa no meu pé. Dançar descalça? Foi óootimo =)

Hoje eu tô solteeeeira
video

Só pra relembrar uma das músicas mais conhecidas de Swing do Pará, Swing Louco


"Quero ver quem me segura no swing louco
Quero ver quem bola e rebola na emboladeira (trava língua)
Quero ver quem bota pra quebrar
Quero ver quem dança balançando a zoadeira
Olha quem tá dentro quer ficar
Olha quem tá fora pode entrar que tá gostoso (uuuui!)
Começou não pode mais parar
Dança e se remexe com Swing do Pará

Quero ver você dançar
Quero ver você mexer
Dança sem parar
Dança com prazer
Vai mexendo até embaixo
Quero ver você mexer
Dança sem parar
Dança com prazer"


No domingo: vi as Virgens de Verdade do salão de festas do meu prédio. Achei tudo muito organizado, com bastante policiamento, ruas sem aglomeração de gente. Tá, eu tava perto dos camarotes, não tava no meio do povo, mas mesmo assim deu pra perceber que foi uma festa pra brincar. Gente que morre de medo dessas "festas mundanas" gostou, quem sou eu pra dizer que não? Antônio Bernardi está de parabéns e, com certeza, o espaço por trás do Hiper Casa Caiada será utilizado pra grandes eventos como esse (quem sabe um Recifolia?)

Beijoooo, boa semana pra vocês! =D

17 de fev de 2011

As melhores de Paulo Márcio

Minha avó todo dia assiste Sérgio Dionísio, o apresentador do programa Ronda Geral. Hoje ri um bocado com a história de um casal homossexual, em que um deles (declarando-se a esposa) foi detido e o marido foi na delegacia buscá-lo. A esposa até cantou uma musiquinha "Eu sei que eu sou bonita, eu sei que eu sou gostosa. Aqui quem tá falando é Tatiana poderosa". No final do programa, no momento "mando um beijo pra fulano, parabéns pra sicrano", colocaram um brega de Paulo Márcio. Por conta disso, nostalgiando, trago umas músicas dele pra vocês além de Estela.

Doce feito mel


"É doce feito mel e queima feito fogo (o que será? o amor?)
Seu beijo é a loucura e eu quero sempre de novo (aaaah, o beijo)
Quando toquei seus lábios quentes
Me apaixonei completamente (gamooou)
Meu coração se entregou
Quero de novo me queimar no seu calor

É doce feito mel e queima feito fogo
Seu beijo é a loucura e eu quero sempre de novo

Você me faz subir às nuvens (tomou Red Bull)
Chego até a flutuar
Seu beijo tem esse poder
Esqueço tudo quando estou com você
É doce feito mel e queima feito fogo
Seu beijo é a loucura e eu quero sempre de novo"

Estava escrito


Sou todo seu


"Pode fazer de mim o que voce quiser
Me use como achar melhor (uuuuuuin)
E se voce souber me usar
Prometo que nao vai faltar, amor (quem quer esse gatchinho?)

Eu vou sempre ter amor para te dar
Nao vai lhe faltar amor
Terá na hora que quiser
E quando me chamar eu vou

Dar meu carinho a você
Me pegue, me abrace, me beije (me esculache, me jogue na parede)
Nosso amor nao tem segredo
Sou todo seu, acredite
Pode me amar sem medo (com certeza)"

Boa tarde pra vocês!

15 de fev de 2011

Eu vou rifar meu coração

Ou pra quem gosta e forró, "eu vou fazer um leilãaaao, quem dá mais pelo meu coraçãaaao".
Segundo o Wikipedia, "Lindomar Cabral, nascido em Rio Verde/GO, é cantor e instrumentista. Lindomar também ficou conhecido pelo fato de ter assassinado a segunda esposa (a primeira e mais amada faleceu em um acidente de trânsito), ao encontrá-la com o amante. Ficou anos preso em decorrência disso. Enquanto estava preso gravou um disco com o título "muralhas da solidão" na penitenciária goiana. Lindomar construiu uma carreira de sucesso com os seus boleros e sambas-canções românticos."

Eu vou rifar meu coração

*Reparem no lindo do Flávio Barra dançando um bolerinho... #euquero

"Eu vou rifar meu coração
Vou fazer leilão
Vou vendê-lo a alguém (quanto será que vão pagar?)

Não vou deixar o coitadinho
Viver sempre sem carinho
Ficar sempre sem ninguém (besteira, o meu tá assim)

Amanhã mesmo eu vou sair
Sem saber aonde ir
Pelo mundo à procura
Não me interessa a riqueza
Não me importa a pobreza
Quero alguém que saiba amar ("saber amar é saber deixar alguém te amar")

Eu vou rifar meu coração
Vou fazer leilão
Vou vendê-lo a quem der mais (é o coração mesmo?)
Eu vou rifar meu coração
Vou fazer leilão
Por amor, carinho e paz (eita carência...)"

Só quero se for...

Acho o ritmo (esqueça a letra) dessa bem musiquinha de ônibus escolar.

Beijo de língua, com Banda Kitara, "pra te tarar de paixão"

Pra baixar!

"Sou uma flor tão delicada (eu também...)
Mas se quiser o meu amor tem que ter pegada (um santo na rua e um devasso em casa)
Às vezes sou sentimental
Mas hoje eu quero um sexo animal (au aaau, au aaau)

Por que eu sou assim, por que eu sou assim
Comigo não tem tempo ruim (percebe-se)
Por que eu sou assim, por que eu sou assim
Tudo rola quando eu tô afim (percebe-se)

Não quero um selinho, não sou mais menina
Só quero se for um beijo de língua (arrasa amigaaa)
Não quero um abraço, nem vem dar um laço
Só quero se for, se for um amasso (uui!)"

=*

14 de fev de 2011

Eu sou mais eu - banda Carícias


É a tal música de mulher que sofreu horrores por amor e depois (tenta) dá a volta por cima, passando na cara do homem, fechando com discurso e dando feriado. 
                                                                      Pra baixar!

Pontos-auge:
"Agora é tudo ou nada, eu sou mais eu
Eu sou a mal amada que você perdeu (coitada gente)
Cansei de ver batom na sua roupa (safaaaado)
Se as farras e os amigos valem mais que eu (é, acontece...)
(...)
Você não muda não! (pura verdade, esse povo que nem se esforça pra mudar, vôte)
Não passe pelo o que eu passei
Não chore o tanto que eu chorei
É o que eu desejo pra você de coração (discurso perfeito!)"

Já falei aqui que adorava Carícias né? Aliás, gosto até hoje, pena que a banda não existe mais.

Mais um Brega Naite

E dessa vez é nas terras olindenses, lá no Clube Atlântico (na frente da Praça do Carmo).
Quando: sexta-feira (isso, depois do show de Backstreet Boys, hahaha)
Atrações: Ladie Khekhe, Dj Original Copy, Swing do Amor-ou-ou-ou-ou e Patrick Tor4.
Prestem atenção que o tema dessa vez está em clima de carnaval: é o baile de máscaras, pra quem for bonito deixar de amostração e quer for feio, aproveitar esse momento de buniteza.

Patrick Tor4, que conheci pessoalmente na Oficina de Tecnobrega, aqui em Recife pelo projeto Coquetel Molotov. Gente boa pra caramba, muito inteligente e com certeza vai arrasar no Brega Naite.


Uma prévia do que ele vai trazer:


Isso é a cara dos clubes daqui: das Pás, Cisne, Bandepe, Bela Vista...

Swing do Amor, Eterno amor

Pra baixar!

O refrão arrasa: "Tu és a mulher da minha vida
É você quem eu quero pra ficar junto a mim
Você é meu eterno amor, não me deixe por favor
Eu te quero aqui
Nem a distância vai tirar você de mim
Sei que também me queres o quanto eu quero a ti
É, porque eu te peço pra ti, mulher"


Uma antiga de Swing do Amor é Vivo sem teus beijos

Pra baixar!


GEEEEENTE, ERREI FEIO NO POST AGORA, DESCULPA EU? Valeu Romereza, a atração do Brega Naite é Swing DO PARÁ e não DO AMOR. No fim das contas, o brega e o romantismo serão os mesmos, mas errar o nome da banda é crueldade demais. Perdoem-me mais uma vez, ok? Vamos então de Swing do Paráaaaaa!




ESSE POST DO BREGA NAITE TÁ MAIS MODIFICADO QUE A ROSINHA DE ARIADNA! A novidade é que o show de Swing de Pará terá a participação de MC Metal e Cego. Bora treinando a coreografia, quero ver todo mundo subindo e descendo na posição da rã. Mais uma deles...



Beijooo.

13 de fev de 2011

Reginho no Faustão

Pra quem não viu, pra quem viu e quer rever, com comentários:

Reginho e Banda Surpresa, no Faustão:


1- Gostei do arranjo da música, principalmente da guitarra e do teclado no refrão.
2- "Lá em Marli tem cabeça de galo" começa antes, aí ele fica "venha, venha, venha" pra compensar.
3- Desde a reportagem pro NETV que Reginho começou uma música e não terminou.
4- Reginho tem que chorar mesmo, porque foram os dançarinos quem alavancaram ele no meio artístico (enquanto durar).
5- No 04:33 perceberam a risada do público? Ah, por quê? "Foi tudo improviso" no sotaque puxado, foi isso.
6- Também, Faustão tira a moral de qualquer. "Vocês encheram o caneco?", "Os vagalumes do ritmo", "Quem é o autor intelectual?"
7- A mulher de DJ Sandro é um perigo viu...
8- "A resposta veio mais ou menos há uns dois meses". Lembra que eu falei aqui que a resposta "oficial" é de 3 na Palomba? Pois, a verdade é que não se tem como saber de quem é mesmo a resposta, afinal, povo brasileiro é criativo pra essas coisas, principalmente com música que faz sucesso.
9- Faustão pede pra ele falar o "vou sim" e ele canta. Faustão pede um forró das antigas, "bora relembrar" e Reginho de novo canta o "Vou sim". Ué, cadê os 26 anos de carreira? Tá, ok, a banda foi com tudo ensaiado e Faustão bota qualquer um em prova de teste. Da próxima vez, quando forem divulgar a música "As desconfiadas" (já já faço a letra, hahaha) , tenham cuidado com isso.
10- Um babado que soube foi que Banda Lapada tinha acabado e que eles tinham ido pra São Paulo "seguir" Reginho. Uma das provas é no clipe da posição da rã aparece no início Lapada Entretenimentos. Outro fato é que em Faustão Reginho diz "parceria com Cleber Lapada".

Bom ou ruim, a música foi pra lá, fez sucesso e eles têm que aproveitar os bons ventos. Sucesso enquanto durar pra vocês.

Quer ganhar CD e DVD da Banda Kitara + mais uma coletânea das músicas postadas aqui? Participe da 1ª PROMOÇÃO DO BLOG!

O que é que o interior de Pernambuco tem?

Ontem, pra sair um pouco da rotina, fui conhecer algumas cidadelas daqui, com minha avó e cia. A primeira parada foi Bom Jardim, no Santuário de N. Sra. de Lourdes, em Umari (acho que distrito de Bom Jardim). Esse santuário fica embaixo de duas grandes pedras e, como contou Fulana, foram achadas por seu avô. Pra vocês terem noção, eu sou bem baixinha, mas numa parte do santuário a pedra quase que bate na minha cabeça. O avô de Fulana percebeu que aquele local era bem reservado e resolveu usá-lo como um espaço para orações. Na sexta feira havia acabado a festa da padroeira, com nove dias de festas e missas. Nunca tinha ouvido falar nesse lugar, o que mostra como a gente conhece pouco o lugar em que vivemos. Ir pro exterior, massa; conhecer o que é de fato nosso, mais massa ainda. Esta foi a primeira descoberta interessante do dia.
De lá fomos para Surubim. No caminho, um guindaste com três carrinhos/motos penduradas anunciava a corrida de Motocross. Dali avistamos a feira e pense numa feira grande, com uma variedade imensa. Comprei blusa, vestido, doce de coco, calcinha safada (pra dar de presente), vi tira de sandália havaiana (meu pai havia falado essa semana que não existia, mas que antigamente tinha esse costume de mudar a tira), panela de alumínio, toalha de mesa... Feira de interior é assim, só não ganha pra de Caruaru. Fui convidada até pra vaquejada e carnaval de lá, que são bastante conhecidos. No mesmo lugar tem uma tal de Pedra do Navio, que lembra um navio de fato. Cada um que soltava uma piada: "Tá balançando", "Noé embarcou aqui", "Tem que descer de escada? Prefiro de tobogã". Pra falar a verdade, quase todo o trajeto é cheio de pedras no caminho e, segundo minha avó, são pedras do mar: "Na Bíblia num diz que antes da gente existir num era só céu e mar? Então...".
A fome foi chegando e a gente foi comer capão, na cidade João Alfredo. Eu nunca tinha ouvido falar nesse nome, quanto mais comer. Capão é o frango capado, sem os colodinos, sem os testículos, sem os ovos. Tiram os documentos do coitado pra ele focar no engordar, não no azarar as galinhas. Ainda segundo minha vó (sim, dá pra ela escrever um livro com crenças e histórias de Pernambuco), antes de matar o capão dão a ele cachaça, "que é pra carne ficar molinha". Com cachaça ou não, a carne dele é bem macia mesmo. E, falando em cachaça, depois da comilança fomos pro Museu da Cachaça, localizado em Lagoa do Carro. Lá estão catalogados até ontem 11057 cachaças diferentes. O lugar é simples, pequeno, com garrafas empoeiradas, bonecos representando o mundo caneiro, mas é bem interessante de conhecer, afinal, Pernambuco é pioneiro na fabricação da pinga, mé, aguardente, rama. De todas as descobertas do dia, essa foi a que gostei mais. Não, eu não sou cachaceira, nem sequer bebo cerveja (gostei dessa frase, vira música já já), mas já vi uma reportagem na Record se não me engano, mostrando o lugar, as curiosidades e tal. Aí sempre cai a ficha "poxa, sou daqui e nunca fui". Então, esse foi um dos mini-desejos realizados. =)
Voltando pra casa, paramos na Acerolândia, que fica em Paudalho (sim, lembrei na hora de Tayrone Cigano). Na primeira vez que fui, uns 13 nos atrás, tinha várias opções com coisas de acerola: bolo, bombom, rapadura... Ontem só tinha sorvete, picolé e polpa, uma pena. E assim foi, basicamente, meu sábado. Claro, não tem muito a ver com música brega, mas como sou uma pernambucana doida e alucinada pelo meu estado, não poderia deixar de informar a vocês o que meu Pernambuco tem (muito mais coisa que isso, pode crer).

Pegadinha né minha gente, eu postar nem uma musiquinha sequer aí seria meio estranho... Quando postei algumas fotos do museu no meu twitter (@Moondalua), minha amiga Cath cantou "eu bebo sim, estou vivendo, tem gente que não bebe e está morrendo". Tipo, essa música é um hino de desculpa esfarrada pros cachaceiros, que no mesmo momento deixa de ser tão esfarrada (sem apologias à bebedeira) por ser verdade, rsrs. Por isso, trago Eu bebo sim pra vocês.


*queria a versão brega, mas não achei... Serve a de Roberto Villar?

Aí pra compensar, trago também um forrozinho pérola de cana, Cabaré familiar


Bom domingo pra vocês! Beijo.

11 de fev de 2011

Absurdo do dia

COMO ASSIM EU AINDA NÃO TINHA COLOCADO A MÚSICA-TEMA, O HINO DO MEU BLOG? Depois quando me chamam de demente eu acho ruim... hahahaha

Faço de mim o quero quero

Pra baixar!
*como sempre digo, relevem as imagens. Peguei esse vídeo porque é o único com o áudio original (aguardem... em breve trarei "clipes" feitos por mim, porque esses tão o ó)

Faço de mim o que quero (livre arbítrio)
Faço o que quero em mim
Faço às vezes uma boa
Mas tambem faço algumas ruim (normal, normal)
Porque meu bem, ninguém é perfeito e a vida é assim (frase da vida, emocionante, verdadeira, filosófica)

Tudo de mais tem limite
Limita até o que vai pintar (uau!)
O que eu fiz errado está certo (contradição...)
E muitos vão querer consertar (sempre tem gente enfiando o dedo onde não deve)
Porque meu bem, ninguem é perfeito e a vida é assim (frase da vida, emocionante, verdadeira, filosófica - TENHO QUE FRISAR)"

Uma parte do curta gravado aqui em Recife, com o mesmo título da música


Boa tarde pra vocês. Depois dessa, UM ÓTIMO FIM DE SEMANA!
=D

10 de fev de 2011

Piranha

Calma, tô xingando ninguém não. Esse o título de um documentário, Piranha: O Carimbó no Ceará, que "traz depoimentos dos principais expoentes do cenário paraense, como Pinduca, Aldo Sena, Pim e Mestre Vieira. No caso de Alípio Martins, morto em 1997, e cuja música “Piranha” dá o título do documentário, serão usadas imagens de arquivo."



“No caso do Ceará, o carimbó assumiu um espaço dentro do vácuo musical que passávamos na época”, afirma o diretor. “Era um período de entressafra na música cearense. O forró tradicional, como o de Luiz Gonzaga, tinha decaído em popularidade, e o forró eletrônico, que ia tomar de assalto a década seguinte, nem havia sido pensado”.

O texto completo sobre o documentário está aqui. Obrigada Renato Ribeiro (@renarir) por divulgar pelo twitter esse show de cultura. Gostei demais e espero assisti-lo posteriormente.

Toque de Celular

Com Aldo Sena, o Mestre da Guitarrada. O cara é FEEEERA!

Lambada complicada


Eu conheci essa lambada no primeiro cd da Banda Calhypsoooooooo. Muito boa, gente!

Lambada do Leão


Falando em Calypso, em guitarra e tal, achei esse vídeo aqui. Espiem só:

Clipe da "Posição d rã"

Olha só como os dançarinos (@meninosdanet) de "Vou não, quero não" e Reginho estão com tudo:


Pra baixar!

1- O time de futebol descendo do busão (vou lançar uma música também, pra ficar rica e ter ônibus próprio), tudo tássia: tássiachando.

2- Na verdade eles tão parecendo o Cebolinha... Já já aparece a Magali California

3- Detalhe principal: a música é do MC Metal e Cego. Será que Reginho pediu autorização ou vai pagar 25mil pra comprar o direito autoral da música? hahahaha

4- Gente bonita e influente na piscina jurando que tá na novela Laços de Família

5- Eu já aprendi a coreô e vocês??

Pra quem quer outras posições, aqui também tem.

9 de fev de 2011

Hoje é dia do Frevo

13 de fevereiro de 1907, data em que pela primeira vez o termo FREVO foi visto em um jornal do Recife. Claaaro, o ritmo já existia antes disso, mas pra "oficializá-lo", precisava de um nome e uma data certa. Eis então que hoje, 104 anos depois, Recife e Olinda, Pernambuco em si, está todo em festa.

"Quando Capiba afirmou que Pernambuco tem uma dança que nenhuma terra tem, poderia ter acrescentado também uma “música”. Ambos, nasceram e desenvolveram-se em Pernambuco. Nunca se conseguiu que brotasse em outra terra, ao menos com a autenticidade do que se faz no estado. Detalhes, nuanças há no frevo que “estrangeiros” não conseguem captar.

O passo e o frevo são uma espécie de mistério dentro da cultura popular brasileira. Mistério, porque as condições sob as quais surgiram, frevo e passo, eram as mesmas, por exemplo, das que havia no Rio de Janeiro, na mesma época (da segunda metade do século 19, início do século 20). Conforme afirma o antropólogo Carlos Eugênio Líbano, em seu A negregada instituição, maltas de capoeiras, assim como acontecia no Recife, também tinham as bandas marciais de sua predileção, e as seguiam, exibindo suas habilidades, não raro entrando em confronto com outras maltas, quando coincidia de as bandas cruzarem-se pelas ruas da então capital do país." Mais...

Frevo mulher (música de Zé Ramalho), com Calypsooooooo



"Quantos aqui ouvem
Os olhos eram de fé
Quantos elementos
Amam aquela mulher (pelo jeito, um monte)

Quantos homens eram inverno
Outros verão (se for de Recife, só verão)
Outonos caindo secos
No solo da minha mão (acho lindo esse trecho)

Gemeram entre cabeças
A ponta do esporão
A folha do não-me-toque
E o medo da solidão (quem não tem?)

Veneno meu companheiro
Desata no cantador
E desemboca no primeiro
Açude do meu amor...
É quando o tempo sacode
A cabeleira
A trança toda vermelha
Um olho cego vagueia
Procurando por um..."

Pra quem quer saber mais sobre o ritmo genuinamente pernambucano, olha aqui o site do frevo. E agora a curiosidade do dia: o Hino de Vassourinhas, presente no vídeo abaixo, tem letra. Alguém sabe? Antes que alguém tire onda, eu sei a letra tá, hahaha.



Ah, tem um pessoalzinho falando pelo twitter absurdos como esse. Não coloquei o @ indicado pra depois não dar confusão, mas pela hashtag #diadofrevo vocês descobrem quem é...

Boooom, hoje é o dia da alegria e a tristeza nem pode pensar em chegar. Bora comemorar logo esse frevo que é o melhor que a gente faz!
Beijooos

Pinduca

Aurino Quirino Gonçalves, vulgo PINDUCA, nascido em Igarapé-miri/Pará (pra variar), é conhecido como o "Rei do Carimbó", criando ritmos como Sirimbó, Lári-Lári, Lambada e Lamgode. Em 2008 mais ou menos ele fez um show em Recife mas na época não pude ir... pena. Pena nada, isso é desculpa pra eu ir em Belém arrasar nos shows das aparelhagens e ver essa gente influente da música brega.

Essa eu só ouvia ao som da banda Labaredas, mas é de Pinduca hein? Cavalo velho



"Quando o amor chega assim dessa maneira (sorrateira, desconfiada, infame...)
A gente nem leva em conta
O amor mais se parece igual a flor refloresce
E o sol logo desponta

Cavalo já não trabalha
Porque está velho e cansado (pangaré do Pica-pau)
Porém não se leva em conta
Que o coração abrasado
Quando lhe soltar a rédia
É um cavalo disparado
E se uma égua se assanha
O cavalo velho resiste (num instante fica novo e disposto)
Parece cavalo novo (num falei)
Que nunca dá bola a velhice
Esquece o seu castigo e o trote mais antigo

Quando o amor chega assim, chega assim, dessa maneira
Se amam e se desculpam (entre tapas e beijos)
Querer-se não tem horários
Nem data no calendário (esse trecho arrasou!)
Quando os desejos se juntam

Cavalo já não trabalha só toma leite e mingau (virou gato)
Bem cedo toda semana vai de mansinho ao curral
Vai ver se sua égua amada passa bem ou passa mal
Ao potro dá tempo ao tempo
Porque lhe sobra vaidade
Cavalo velho não pode até passou da idade
Porém depois desta vida
Não há outra oportunidade"

E agora um trava língua carimbozal: A aranha arranha a jarra



Agora a melhooooor dele: Sinhá pureza (sim, você com certeza já ouviu essa música com Calypso)



"Ô lelê ô lalá!" pra vocês! B-jos

8 de fev de 2011

Beleza, uh!

É festa, uh! Chiclete, ops, VCBA, uh uh!! O negócio tá "pau a pau" (ui!) entre VCBA e Faringes no concurso "Quem toca mais em Recife durante uma semana". Não tem sequer um cartaz que eu veja que não tenha uma dessas bandas estrelando lá. Isso é bom, isso é legal; mostra que o brega está sendo bem retomado aos ouvidos e locais recifenses, coisa que eu não via desde 2003/2004. Que assim seja, "não deeeeixem o brega morrer".

Na quinta, no Dona Carolina:
Na sexta, no Catamaran:

Pra quem ainda não conhece VCBA, um vídeo de qualidade não muito boa, mas que dá uma noção do quanto eles são bons. Quer baixar o CD deles também? Clicaqui.

Aninha - Como eu quero

Eu e a torcida do Sport Clube do Recife gostamos bastante dessa música. E até que na versão brega não ficou ruim hein...

Aninha - Como eu quero

B-jooos

Nesse calor...

Vamos beber? Eu topo uma Coca-cola, uma água, um suco, masquem gosta de cerva tá apoiado tambéeem. CALOR SENTE-SE AQUI!



Letra difícil né? Mas pra quê falar demais? Vamo beber ao ritmo da lambada, meu povo!
Aahh, Los Borrachos Enamorados estavam no Gugu domingo e arrasaram. Coincidência ou não, o programa ficou em segundo lugar no ibope. Até o Não Salvo divulgou no twitter, vê que lindo! Parabéns meninos e muito sucesso pra vocês!




7 de fev de 2011

Tô tenso

Olha que legaaal a versão de "Bad romance" e "Just dance" com Faringes da Paixão, Tô tenso:



"Oh-oh-oh-oh-oooh
Faringes da Paixão

Vai, vai , vai pra lá (sim Silvio Santos...)
Mai, vem vem pra cá
Vem pra nós dançar (aaaien)
Faringes da paixão

Jantei hamburguer com tomate
Eu já tô pronto pro combate (que rima ruim foi essa?)
Vou tirar onda na boate
Quem sabe hoje a sorte bate (sorte não, destino... kkkkkkk)
Meu Deus!
Aqui tem gata demais
Mas acho que já encontrei a que eu vou chavecar
Eu sei, ela é areia demais
Mas meu caminhãozinho é grande, eu vou tentar (vá meu filho, carregue com tudo!)

Tô tenso
Que que eu vou dizer, e eu sei lá! (só não comece com "vc vem sempre por aqui?")
Eu penso
ela me olhou, e que olhar!
Intenso
Se ela me der mole, no fim da noite eu venço! (é, porque quem tem que dar duro é você)

Tô tô tô, tô tenso
Eu penso
Vou levar pra casa e acender um
Incenso (macumba?)
Eu vou instigar, se ela não quiser eu
Convenço

Tô tô tô
tô tenso..."

5 de fev de 2011

Se vacilar é gaia

Olhaí uma dica pros casais que não se entendem muito bem. Em primeiro e único caso, vocês devem tentar uma conciliação ou terminar logo o relacionamento. Se não dá pra levar o babado, resolva da melhor forma possível, de não infringir as leis do respeito ao próximo. Porém, sei que muita gente é adepto a outras formas de resolução de conflitos interpessoais (chamego, namoro, casamento, ficada) e, pra esses, trago o brega Se vacilar é gaia.



"Fala que me ama, eu sei que é mentira
Não vou mais deixar você me enganar
Hoje eu vou sair com as minhas amigas..."

Essa daí é desconfiada que nem eu, não acredita em "muitos elogios" não. Como já falei aqui, prefiro ações do que palavras (mas claro, adoro receber cartinhas, tweets, scraps carinhosos também, "deixa eu te dizer que eu não sou de pedra"). A mulher deu um up na vida, não quer ser mais enganada e vai sair com as amigas... perigo detected homens! Hahahaha

Bom sábado para vocês. B-jos!

3 de fev de 2011

Pérola de Kelvis

Eu até gosto de Kelvis Duran mas esse clipe... QUE BAGACEIRA É ESSA? Espiem!

Esqueleto


(Andréa achou no Vacacaga e enviou pra mim. Sei nem como "agradecer")

1- Num tinha uma estrada mais bem conservada pra filmar o carro chegando não? Tudo bem que é pra mostrar as brenhas, dar um ar de mistério, mas coitado do celtinha gente...

2- Essa mulher vestida de noiva/Iemanjá veio daonde pelo amor de God? É daquela lenda da mulher da luz vermelha, do cemitério, sei lá, é?

3- The Walking Dead perde feio. Nada se compara com aquelas "cauveiras" se levantando (1:46)

4- Thriller do brega, já decorei a dancinha!

5- A Igreja de papelão lá trás é do meu tamanho.

6- E aquela correria no meio do bananal? Já fui em um lugar parecido, aqui em Machados/PE.

7- A dramatização do "eike susto, foi um pesadelo". Será que a Record aceita?

8- Que hotel é esse que tem primeiro andar? Nem pra fazer o mershan né, Kelvis.

9- Conforme o Vacaga falou, esse pijaminha de seda tá muito significativo... hummmm

Alô galera que comenta BBB e Debate eleitoral, analisa esse clipe aqui também. Sei que vocês adoram meter o pau (ui!) e reparar nos detalhes... Mandem ver!

=***