5 de mai de 2011

Cheila, do Swing do Pará.

Como "eu não tô fazendo nada, você também" (mentira), resolvi incrementar o pequenino blog meu e inventei uma pesquisa. Simples, objetiva, que busca não só conhecer melhor os nossos artistas/bandas bregais prediletas, como também divertir e debater. A primeira a participar (a responder, na verdade) do Quem é brega responde foi Cheila, da banda Swing do Pará, aqui de Recife.

Antes de tudo, vou colocar o texto explicando como funciona a pesquisa:
"Assim como Xuxa fazia/faz em seu programa, resolvi inspirar-me no método dela e 'criei' este questionário, destinado aos cantores/produtores/bandas de brega. Meu objetivo é conhecer mais o universo desse estilo musical, de forma simples e objetiva, mas que com certeza acrescentará conhecimento para mim, para o meu blog e para você (autoconhecimento é sempre bom).
As respostas devem ser palavras, frases ou trechos de músicas (informar depois qual), APENAS isso. Sem complicação, sem arrodeio, sem muitas palavras. Coloque o que você achar legal, interessante, que descreve você, sem se preocupar com o que eu vou achar. Seja o mais sincero possível, ok? Divulgarei essa pesquisa no meu blog 'Ninguém é perfeito e o Brega é assim' respondido, mandar para o email: gostodebrega@yahoo.com"

Cheila

Música: Tudo de bom

Sonho: Ser feliz

Brega: Bom de fazer

Hoje: Melhor do que o ontem

Imagem: Não é tudo

Melodia: Parte importante de uma boa música

Inspiração: Bom pra quem sabe usar

Conteúdo: Fundamental

História: Minha vida

Corpo: Geralmente visto como “embrulho”, o corpo tem seu real valor na parte que não conseguimos ver/tocar.

Adorei as respostas Cheila, principalmente "melodia", "inspiração" e "corpo". Eu sou daquelas que a letra da música pode não valer nada, a banda/cantor ser mal falado por ser ruim, etc, mas se a melodia for boa ou me pegar de jeito, gamo na música mesmo assim. Inspiração, de fato, quem tem e sabe usar se dá bem (até rimou). E corpo, falou bonito viu? =)

Pra quem não sabe quem é Cheila, olha ela aqui cantando no dvd de MC Sheldon: Vá viver sua vida


Inicialmente isso pode parecer meio vazio, fútil, sem lógica, sem graça, "pra quê isso" (eu me xingo mesmo), mas pra mim é interessante. Não pretendo expor minha análise aqui(com fundamento nos artigos e livros sobre música brega e outras coisas), nem meter o dedo na opinião de ninguém; resolvi mostrar pra vocês porque achei legal. Se tiverem sugestões, críticas, é só mandar pro email supracitado. Abraços!

Um comentário:

  1. Gostei da ideia!

    Já tô ligada pra saber a opinião dos que virão!

    Parabéns pela iniciativa!

    Bjus!

    ResponderExcluir