30 de ago de 2010

Banda Camelô - Alô amor!

Final de mês, pelo menos pra mim, é sinal de pouco dinheiro. Eu tô mais lisa que mussum (um peixe escorregadio, não é dos Trapalhões) ensaboado! Em homenagem a essa situação financeira posto hoje uma música bem desfavorecida (pra não chamar de pobre logo de cara): "Alô, amor", da Banda Camelô - rimô, dá pra fazer um tecnobrega, haha. Banda Camelô é bem semelhante à Banda Labaredas, banda que postei um dia desses.


Pra baixar!

"Alô? Amor? (oi)
Estou ligando aqui do orelhão (aaafff)

Quero ouvir você dizer que ainda me ama, antes de acabar o crédito do meu cartão

Se o crédito acabar amor, eu ligo a cobrar

Atenda por favor e tente me compreender (se eu tiver crédito também né)
Se por acaso você desligar seu celular
Eu vou aí correndo pois não posso te perder.
Alô? Amor? Não desliga nãaaao
Alô? Amor? Sei que eu mereço o seu perdão
".
Gente, duas coisas me tranquilizam no fim do mês: ter crédito no celular e passagem no VEM (Vale Eletrônico Metropolitano pra quem não conhece). Ou seja, se eu quiser pedir o perdão de alguém ou ir atrás dessa pessoa, I CAN! Essa música, na verdade, mostra que dinheiro não compra felicidade (mas ajuda a sofrer em Paris), pois o que vale é o que importa, ops, sentimentos como o amor e o perdão são incompráveis. Mesmo com pouco crédito no cartão telefônico, quem realmente ama enfrenta barreiras, orelhões e chamadas a cobrar.

Por hoje é só, o sono tá grande aqui. Ainda bem que Agosto acaba amanhã porque tô vendo a hora eu tomar banho de pipoca pra ver se o fuildo melhora. =p
Beijão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário