28 de nov de 2017

O poder feminino do brega pernambucano

Muito se canta nos bregas pernambucanos sobre mulheres que descem até o chão porque o cara manda, meninas novinhas que "senta a p* vai c*" porque o cara tá pedindo. Até parece submissão, coisa de mulher vulnerável, mas já perceberam que existem mulheres bem decididas e determinadas por aí? A começar pelas cantoras? Pois é, o trio de meninas superpoderosas do brega pernambucano - Carla Alves, da Loira Marrenta; Priscila Senna, da Musa; e Raphaela Santos, da A Favorita - chegou por aqui para dar uma entrevista :) Digo trio, mas sabemos de tantas outras mulheres lindas e guerreiras que o nosso brega tem, como Michelle Melo, Adriana Araújo, Palas Pinho, Isa Falcão, Elisa Mell... São elas que não só colocam o brega pernambucano lá em cima como nos representa também (sim, sim, esse blog é escrito por uma mulher!). 

Raphaela e Priscila, prévia do clipe "B.O."
A blogueira Patrícia Faria, de Minas Gerais, iniciou a entrevista perguntando sobre o que Carla, Priscila e Raphaela acham do atual cenário do brega pernambucano. Carlinha falou que as pessoas se envolvem muito com as músicas e com as letras, que mesmo as cantoras tendo timbres de voz diferentes, cada uma conquista o público da sua forma. "Todos os fãs se juntam e torcem por todo mundo. Nós somos da mesma empresa, a RME produções e todo mundo se junta pra apoiar. É muito bom ver nosso companheiro de trabalho feliz e fazendo sucesso", afirma Carla. Priscila comentou também que as bandas estão com novas formas de apresentação, já que nem todos os shows possuem bailarinas no palco. Além disso, algumas bandas tem apenas uma vocalista, como atualmente a banda Musa, mas que com A Favorita, por exemplo, Raphaela divide o palco com outro vocalista, o Fabio. A expectativa agora é para o lançamento do novo clipe da banda Musa com a música "B.O.", que conta com a participação de Raphaela, da A Favorita.

Raphaela Santos é cantora do famoso hit "Só dá tu" e vocalista da banda "A Favorita", sua primeira banda. Segundo Priscila Senna, da banda Musa, Rapha sempre teve uma personalidade forte e única, de voz incrível e nunca teve dúvida que a banda ia fazer sucesso. "Deus dá a quem merece", falou Priscila, mostrando o merecimento do sucesso que a banda faz hoje. Para Carla Alves, quando a pessoa canta com amor, quando não sente inveja, quando não atrapalha nem deseja o mal tudo acontece e o sucesso aparece.

Só dá voz bonita, inclusive a minha! hahaha #dublagemperfeita

Mesmo com essas reformulações e com o mundo da música sertaneja tão presente nas rádios, na mídia e nas grades de show de todo o Brasil, as três cantoras afirmam que permanecem muito unidas e representando a forma feminina no mundo brega. Todas mães, jovens e com muito sucesso e carreira pela frente, sabemos que não só representam, mas enriquecem, fortalecem, perpetuam o brega pernambucano. Desde já e como sempre, desejamos muitas felicidades, determinação, carinho e talento que sempre tiveram com nós, bregueiros.

Haja voz! Haja sucessos!

Cantaram junto? Lembraram junto? Dançaram junto? Mandaram muita energia boa para essas meninas? Aí tá certo! Beijos, suas lindas.

3 comentários:

  1. Oi Luana, acabei de conhecer seu blog e adorei o conteúdo, nosso brega é riquíssimo e merece ser valorizado.
    Dá uma olhada na inha página, eu produzo conteúdo de vídeo contendo bicicletas e música de Brega e Tecnobrega.
    A Nave de Diego, tem no facebook, instagram, vimeo e youtube.

    ResponderExcluir
  2. Aliás, gostaria de adicionar a postagem muito boa por sinal, que não é de agora esse empoderamento feminino, desde a década passada tinhamos musas cantando letras de empoderamento feminino.
    "Quer saber, minha regra não veio sorria, o pai é você." - Bregueço
    "Sou toda sua, faça o que quiser de mim, me use, me abuse mas me faça delirar!" - Metade
    "Você só ta querendo convencer, usar meu corpo pra sentir prazer, depois vai me jogar na solidão, por isso eu digo não, não, não, não." Carícias.

    Mas essas meninas atuais estão de parabéns, mantém nosso brega vivo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho e pela lembrança dos bregas antigos... Pura verdade!

      Excluir