23 de out de 2012

Meu cofrinho de amor!


"(...)
Minha alma está queimando (fogo no rabo)
Neste fogo abrasador
E às vezes eu recordo com ciúmes 
Seu rostinho, seu perfume
Seu jeitinho de beijar

Estou quase morrendo de vontade
De abraçar o seu corpinho
E matar minha saudade (huuuuuum)"

Nenhum comentário:

Postar um comentário