9 de out de 2010

Dia das crianças?

12 de Outubro tá chegando - Dia de Nossa Senhora da Conceição Aparecida também, o povo se esquece e só lembra do feriado - e eu fui procurar no pc se tinha alguma música com criança, de criança, para criança. Foi uma tarefa muuuito difícil, afinal, os bregas são pra fazer crianças, não se encaixam em nenhum dos meus objetivos. Pra ninguém ficar decepcionado, achei essa linda , conhecida e velha música de Márcio José, esse gatão aqui do lado com a menina Liriel. É um brega mais romântico, de dançar coladinho sem pensar no tempo, de cheirar no cangote aquele perfume que você passa a semana toda esperando pra sentir... A música é O telefone chora (e eu jurava que era toca).




"-Alô?! (foi Xuxa quem atendeu?)

Escuta, se a mamãe está
Diga que me atenda
Quero lhe falar

-Ah! Você é o mesmo que telefonou da outra vez... (vai enganar a pirraia, vai)
Eu acho que ela tá tomando banho, não pode atender (pega na meeentira)

Diga que é preciso e que é importante
Que venha me escutar...

-Tá! Mas eu acho que você fez alguma coisa pra ela, porque da outra vez quando eu fui chamar, ela disse baixinho... 'Diga que a mamãe não está!' (num tô dizendo, criança é fogo! fazer com que ela minta é complicated)

Me conta o seu titio é bom?
Você vai a escola? (querendo agradar, hahahaha)
Já fez a lição? (eita rapport forçado...)

-Fiz... Sabe, como a mamãe trabalha, é uma vizinha que me leva na escola
Mas minha mãe assina o boletim, o dos outros quem assina é o papai, o meu não (ô menina pra falar. A mãe não falou que não se deve conversar com estranhos?)

Sabe a sete anos que eu estou sofrendo
A idade que você já tem (eita, ele é o pai! Chama Maáaarcia)

-Eu não, eu só tenho seis anos
Mas você conhece a minha mãe?
Ela nunca me falou de você,
Espere que eu vou chamar... (eita, ganhou a criança)

O telefone chora e ela não quer falar (como é mesmo aquela figura de linguagem em que objetos ganham formas humanas?)
Pra quem dizer te amo
Se ela não vem me escutar
O telefone chora, compreende o meu penar
Pois sabe que ela não vai perdoar
E quando você está de férias no hotel da praia
Você gosta do mar? (lá vem a forçação de barra de novo)

-Gosto de brincar na areia, também já sei nadar, mas como você sabe do hotel na praia?
você já esteve lá alguma vez? (uuuui, menina desconfiada é mara!)

Sim, há muitos anos, depois deixei vocês
Mas eu as amo... (iiiih, alerta!)

-Você ama a gente? Mas eu nunca vi você
Por que você mudou a voz? Você tá chorando! (Agora lascou...)

O telefone chora e ela não quer falar...

Diga que atenda (agora!)

-Ela tá saindo (tá nada)

Diga que espere

-Ela já foi (perdeu playboy)

Se ela já foi então adeus. Tchau! Adeus filha (não faaaalei!)"

Beijo enorme pra vocês e ótimo feriadão!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário