12 de set de 2011

Beto "Bregosa"

Pra quem acha que Beto Barbosa é só "preta, fala pra mim", é só lambada com saia voando e calçola aparecendo, tá muito enganado. Rodrigo Montenegro, que conhece muuuuito de brega recifense e principalmente paraense, mandou-se essa pérola (não muito feliz porque fala de um filho sem mãe) cantada por Betinho:

Símbolo perfeito


"Estou aqui, mamãe querida
Para falar das mães que estão no céu (quero nem pensar...)
E quem tiver ainda a sua mamãe
Faça por ela tudo que puder (com certeza!)
Ai como dói o coração de um filho
Que não tem mais mãe (gente, que triste)
Já virou momentos fortes
Chorando a própria sorte
Com a perda de sua mãe
A mãe é símbolo perfeito (Freud, cadê você?)
Nossa querida e nosso grande amor
Seus filhos nunca tem defeitos (pode ser traficante, bandido, pedófilo, a mãe sempre acoberta)
São obras primas dos seus sonhos
Mas quando chega o grande dia
O mundo todo se tranforma (é questão de destino, não tem quem segure)
Filho chora a sua morte
E se entrega a própria sorte
Dizendo adeus mamãe
Como dói o coração
De um filho que não tem mãe
Adeus minha mãe mãezinha querida
Do meu coração"

Nenhum comentário:

Postar um comentário