21 de set de 2011

Te desejando em silêncio - Augusto César

É um povo frouxo viu? Em vez de falar que gosta, que ama, que quer pegar não, fica calado esperando que a pessoa adivinhe. Vôte!


Pra baixar!

"Esses seus olhos me devoram como se fosse a madrugada..."

2 comentários:

  1. Ela me chamou de frouxo, esta música é a minha cara: "E fico navegando em teu sonho sonhando acordado te desejando em silêncio sem falar o que sinto."

    Quando criança alimentava meu coração de amor platônico, acho que me acostumei com isso, hoje há o medo da rejeição, alguns seguem em frente quanto outros se entristecem e se escondem para sempre no planeta solidão, desejando em silêncio.

    Ainda bem que existe este blog para não deixar que esta maravilha do brega não caia no esquecimento.

    ResponderExcluir
  2. Taí, você falou uma coisa verdadeiríssima e que também já vivi. Por medo de sofrer de novo, de ser rejeitado, indeferente ou não amado, a gente acaba guardando o sentimento pra evitar o pior. O ruim é que esse guardar evita também o melhor.

    Um dos objetivos desse blog é isso, reviver bregas que sejam bons de ouvir e que merecem ser lembrados. =D

    ResponderExcluir