26 de set de 2010

Wanderley Andrade

Pode ser que sim, pode ser que não, mas eu acho Kelvis Duran e Wanderley bastante parecidos, performáticos, melhor dizendo. A diferença é a cabeleira de pica pau. Meu final de semana foi bastante tranquilo, divertido, família, ou seja, "nadas a ver" com as músicas que posto agora (embora tenham um fundo -oê- romântico). @rustymind mandou uma dessas músicas pra mim, mas Andrade (sim, usar nome, sobrenome e apelido pra não ficar repetitivo é uma técnica linguistica muito utilizada por mim, principalmente em provas mal estudadas) já estava na minha lista de próximos posts. Inclusive, @passoslargos também já tinha implorado, suplicado e almejado (tô exagerando, eu sei, mas é pra dar o clima de tensão desde já) "ele é maluco, o pica pau, ele é maluco". O ritmo é bom, bem calhypsoooo, bem dançante e abalante, sem contar que ele é figura de muito tempo e influência na música. Se escutar uma sirene não se assuste: as músicas de hoje é que são caso de "puliça".

Detento apaixonado



"Sou um detento apaixonado
Sem carinho e sem cuidado (tadinho, alguém acode ele)
Desprezado em sua cela
Procurando uma saída
Esperando tua visita (decida-se mô fio, porque se você sair e ela te visitar haverá um desencontro)
Vem me ver minha donzela
Só vejo o sol nascer quadrado
Coração vive apertado, torturado (moram quantos corações nessa cela?)
Por não ter você (é sofrimento por demais viu)
Vem que eu preciso do teu beijo
Meu amor eu te desejo, vem me dar um pouco de prazer (hummmm, visita íntima que tô ligada)
Há muito tempo que eu não vejo
O sol do amor nascer (oxe, num era quadrado?)
Estou pagando pelo erro que é amar você
Sem teus carinhos meu amor
Não consigo viver
Vem me ver senão... (medo dessa parte)
Vou fazer rebelião no seu coração (a música podia ser Carandiru do amor)
Sem carinho eu vou fugir dessa solidão
Eu vou fazer rebelião..."

Traficante do amor



"Se você é careta fique logo ligado (mêirmão)
Traficante chegou
Eu estou do seu lado e quero te ver
Chapado com o pó do amor (esses trocadilhos são "o must")
Com o pó do amor, você viaja nas ondas (uh ruuuh, só aí)
No mar da paixão
Fica sintonizado, totalmente ligado (e enjoado também)
em um só coração
Se você é carente venha ser dependente desse rol natural (ooooxe, vou nada)
Esse seu traficante tem amor o bastante
pra elevar seu astral (um stand up comedy já resolve, obrigada)
Sou, sou, sou, sou Traficante
Sou, sou, sou Traficante do amor (só espero que ele não lucre negociando amor por aí... amor é coisa rara - tá o rol natural dele também - enfim, vocês entenderam)"
Beijoooos, ótimo começo de semana pra tod@s.

Nenhum comentário:

Postar um comentário