26 de dez de 2010

Natal do Recife

25 de Dezembro de 2010.
Minha avó, assumindo ser um pouco criança, chega e diz "Quero ver o Natal na rua, os pisca-piscas (o plural é assim?)". Então lá fomos nós, fazer um city tour natalino pela cidade. Pelo caminho vimos a antena da TV Jornal, fashioníssimaa e linda, mudando de cor e com luzinhas piscando. A praça Parque Amorim, em frente ao Bompreço do Parque Amorim (ó!) também está muito legal, tanto de dia quanto de noite. Logo depois paramos na praça Oswaldo Cruz, que fica em frente aos teatros Waldemar e Alfredo de Oliveira. A decoração estava um mimo (embora mais simples que a do ano passado), com árvores feitas de material reciclado. A árvore principal (lado esquerdo) era feita com garrafas PET - o bico, o corpo e o fundo da garrafa; outras eram feitas com a tampa, de lona de banners publicitários e de cd's e dvd's pirata recolhidos pela Polícia Federal (lado direito). A praça é adotada pela CELPE e talvez seja esse o motivo da mesma estar "arrumada" para o Natal. Infelizmente muitas praça do Recife são esquecidas, sendo apenas lembradas por empresas que prezam a qualidade do meio ambiente, sustentabilidade, cuidados com o patrimônio local e coisas afins. A do Entroncamento mesmo, tradição em todos os Natais pela sua bela ornamentação, encontra-se abandonada (lembrando que a mesma é adotada pela Nordeste Segurança, se não me engano).
Saindo dessa praça fomos rumo ao centro da cidade, ver a árvore que fica no rio Capibaribe. No caminho vimos a Assembleia Legislativa, a praça da República (em frente ao Teatro Santa Izabel), iluminadas também, e a Prefeitura da Cidade do Recife. com aqueles letreiros imensos passando pelo prédio inteiro (acho lindo). Tirando o engarrafamento até chegar ali pelo Paço Alfândega, afinal, dia 24 o povo tem o que fazer, mas dia 25 o negócio é ir pra rua, a vista era linda. Bom, a árvore do rio Capibaribe, assim como a da praça Oswaldo Cruz, é feita de 200mil cd's e dvd's apreendidos pela polícia. Perto dela, fontes d'água refletiam um vídeo de Natal muito fofo. Cheguei a filmar mas a qualidade não tá boa, então...
Curiosidade matada da noite foi saber qual era a Ponte Giratória de Recife. Eu sempre achava que era outra, mas enfim, a verdadeira é aquela que liga o Paço/Faculdade Boa Viagem ao Cais de Santa Rita. Esta funcionou de 1923 até 1970, quando a ponte passou a não suportar o volume veicular que passava sobre ela, nem os navios entravam mais.
Pra finalizar a noite, voltamos pra Olinda e vimos o maior Presépio do Brasil, ali na Praça do Carmo (da Preguiça). O presépio (assim como outro qualquer) tem tanta gente ao redor que o personagem principal, o Menino Jesus, fica escondido coitado. Ainda na praça estava tendo um encontro de blocos líricos: Flor da Lira, Cordas e Retalhos, Menestreis de Paulista... Não trabalho com Turismo mas acho fantástico quando uma prefeitura investe em atividades desse tipo. Prévias em Olinda mesmo às vezes não tem nada tocando, mas as ruas ficam lotadas. Se tem algo tocando então, é festa e público satisfeito na certa!
Se Natal é dia de celebrar com alegria e família reunida, a "missão" foi cumprida, com ritmo de carnaval.

Madeira de Lei (sem Ariano Suassuna cantando no Marco Zero)


E que venha o Ano Novo! =**

2 comentários:

  1. Creio que a antena iluminada e colorida a que você se refere é a da Globo Digital, instalada quase na rua da Aurora. Pertinho da TV Jornal.

    ResponderExcluir
  2. Ah, então é isso. Eu disse que era da Globo e meu pai que era da TV Jornal. Como a TV Jornal é por ali, juntinho também dos Diários Associados (que sabia que não era a antena deles), acreditei que fosse "do canal 2" mesmo.
    Obrigada pela correção! =)

    ResponderExcluir