21 de set de 2010

"Que ingrata solidão porque...

... me faz lembrar de você". Lulu, taí a sua indicação muuuuito very boa!
Algumas pessoas perguntam ou soltam indiretas sobre o fato d'eu ter esse blog, já que música brega é "fútil", "podre", "pobre", "sem cultura" e por aí vai. Só digo uma coisa: quem ouviu (e ainda ouve) brega desde os tempos dos programas de auditório, dos carrinhos de CD pirata, das festas "brega", das tirações de onda, da batida ou qualquer outro motivo que faça ouvir brega all the time, sabe o valor que esse estilo musical tem em Pernambuco (puxando a sardinha pra minha terra) e em outros estados também. Se a letra é simples ou "baixa demais", se o ritmo é sempre o mesmo, se a maioria do público é da periferia (ou não), é só lembrar que tudo isso, junto e misturado, é uma manifestação cultural (sim!) da população, assim como um pagode, rock, mpb, forró, axé. Virar a cara não resolve nada não, só faz aumentar o preconceito. Também não quero obrigar ninguém a dançar brega o tempo todo, encher o Ipod de Banda Lapada, se vestir igual a Kelvis Duran ou ouvir Swing do Amor no celular às 18h num ônibus lotado. Eu tenho bom senso, relaxem. Depois desse desabafo, vamos sofrer um pouco com "Ingrata solidão". Beijoooo!


Pra baixar!

"...
O meu peito arde de paixão (cuidado com a pressão alta)
Quero esquecer (já?)
Momentos que passei junto a ti
É difícil pra mim (se fosse coisa ruim era fácil)
O amor que tu não quer sentir
Juro que vou conseguir
Sei que tudo não é como a gente quer (ninguém é perfeito e a vida é assim)
Mas estou falando de amor
Dá uma chance para mim
Tirar do peito a dor tão ruim , amorrrr (isso é pressão alta, coração, cuidado)
Mas você não viu que eu chorei demais (nem queria ver)
Quero que cure do meu peito essa dor
Só você, nenem, tem o que ninguém mais tem (e é?)
É so tu meu bem

Não, não, nãa-ãa-ãao, não (gemedeira sem fim)"

5 comentários:

  1. Esse seu texto foi tudooooOO!!!!! :D

    ResponderExcluir
  2. Concordo! Já discuti pesado com quem faz esse tipo de comentário leviano seja sobre qualquer estilo musical.

    Recentemente escrevi sobre isso:

    http://dremaciel.blogspot.com/2010/07/bota-mao-na-cabeca-que-vai-comecar.html

    ResponderExcluir
  3. Lua, ARRASOU!!! Fechou e deu feriado... E a música... Aaaaaaaaaaaaaaaaaaiiiinnn... Lembranças... Ai, ai... Vida longa a esse blog que salva minhas horas na internet!!!! \o/

    ResponderExcluir
  4. Vc é uma luz no meio dessa escuridão de preconceito rítmico, que sempre me cheira a xenofobia ou desprezo pelas classes...

    Lua, não poderia haver nome mais bem escolhido para você, pois rende muitas colocações bregas de "românticos e apaixonados".

    Mas te digo uma coisa: assim como você, vão aparecer por aqui trilhares de pernambucanos/ nordestinos no geral querendo a propriedade do nome do blog!

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Caramba Carlos, adorei seu comentário. Obrigada pelos elogios, pela interpretação do meu nome (o povo só lembra dos pagodes e dos calypsos da vida, hahaha) e pela observação dos "olheiros" afins.
    Aos poucos o blog ganha nome, novas amizades, visualizações, conteúdo. Faço isso porque gosto mesmo, de brega, de falar, de explicitar minhas opiniões. Ver/ler pessoas como você só me dão mais satisfação e alegria.

    Abraços!

    ResponderExcluir