12 de nov de 2010

Pra agitar o feriado

Não sei porque mas hoje acordei com jeito de quem levou gaia. É, não tenho namorado nem nada, ou seja, é im-pos-sí-vel isso acontecer, mas sabe aqueles dias que você acorda só ouvindo música roedeira? Pois, É HOJE! E olhe que ontem no Dona Carolina, com VCBA e Banda Lapada foi tuuudo de bom, fazendo o L até cansar (até foto com a vocalista eu e o povo tiramos, depois tem post com detalhes), só que hoje o dia tá sofrido, hahahaha. Liguei o computador e automaticamente abri a pasta de Reginaldo Rossi. Minha mãe até perguntou se eu tô bem, kkkkkkkkk. Então, pra não postar algo deprimente demais vou postar duas músicas dele que adoro: Itamaracá (que em tupi significa "pedra que canta") e Amor, amor, amor. Feriadão tá aí (o meu será com alguns eventos) e animação meu povo!
OBS: Enquanto escrevia esse post enjoei de Reginaldo e agora tô ouvindo e cantando Banda Labaredas. Bom demais também!

Itamaracá, ilha no litoral norte de Pernambuco. Tem projeto do Peixe-boi, tem o Forte Orange e é uma praia legal.

Pra baixar!

"Itamaracá é uma ilha encantada (o que Grechen acha disso?)
Lugar mais bonito que eu vi (pra mim é um dos lugares)
Itamaracá é um reino encantado
E todos são reis por aqui

Ilha de sonho, de luz e de cor
Pedra que canta o amor
Essa areia tão branca
Teu céu e o teu mar
Paraíso é Itamaracá"



Amor, amor, amor


"Ah! Que bom se eu encontrasse
Alguém que só falasse
De amor, amor, amor... Amor (é, seria bom mesmo, as pessoas hoje só falam de coisa ruim...)

Ah! Que bom se eu tivesse
Alguém que só me desse
Amor, amor, amor... Amor (aaaai já é mais complicado. Ah esses amores líquidos né Bauman?)

Seria bom demais
Pois eu teria a paz
A paz que tem o amor (amor é tudo, paz tá incluso nele)

E o mundo bem melhor
Teria ao meu redor
Um mundo de amor (essa é uma das lições do amor: o bem estar é tanto que você recebe e repassa sem nem perceber)"

Abraços!

Nenhum comentário:

Postar um comentário