12 de fev de 2012

I love cafusú 2012.

Nunca tinha ido (absurdão) pro I love. Gente falou que tava lotado demais, que pra comprar bebida tava uma novela, que o show de Reginaldo Rossi não foi bom. Não sei se é meu jeito de ser de em certos momentos malear tudo, mas achei tudo bom! O show de Kitara foi massa, o de Reginaldo foi só tiração de onda (com aperto na frente do palco, mas tudo bem), com direito à minha subida no palco pra dançar "Ai se eu te pego" com ele e Lala K no início só tocou as pérolas. Gente bonita, alegre, criativa e banheiros à vontade.
O look feminino reinou na meia arrastão, estampas de tigresa, acessórios dourados, flor no cabelo e batom vermelho. Os homens se travestiram de Agostinho Carrara, de vendedor de pipoca, de picolé, de água mineral, de borracheiro, pedreiro, de cobrador de ônibus, tudo fantasia "pra tirar onda" e que carrega aquele preconceitozinho por trás.
O show da banda Kitara foi muito bom, tocaram apenas umas 3 músicas novas. O restante foi do primeiro cd, o que alavancou a carreira da banda e sempre levanta coral!

Cafusú tem que dançar assim:


O show de Reginaldo foi bem interativo, com gente subindo no palco o tempo todo e com participação do público na cantoria. Ouvi comentários posteriores de que o show não foi bom porque o rei cantou muita música dos outros, as do momento ("Ai se eu te pego" por exemplo) e deixou de lado suas músicas, que são váaaaarias, tem letra boa e são conhecidas. O auge mesmo foi "Leviana" e "Fogo e paixão". Foi um show pra tirar onda e não pra mostrar o que o Rossi realmente tem de música. Já gostava e na hora confirmei: a banda é muito boa. Se você prestar atenção no sax, no baixo, etc dá um diferencial imenso às músicas.

Reginaldo Rossi homenagea Wando:


Ano que vem estarei lá de novo! A placa do meu queridíssimo Rafael Soares foi a sensação da festa, todo mundo querendo tirar foto! Mais fotos do I Love Cafusú no Flickr.
Beijos =)

Nenhum comentário:

Postar um comentário